|Quinta-feira, 24 maio 2018

Vereadores denunciam descaso e falta de medicamento na saúde de Sinop

Os parlamentares visitaram as unidades sob gestão municipal e apontaram as principais falhas que prejudicam o atendimento nas unidades.

COMPARTILHECOMPARTILHE

Uma denúncia feita na última sessão da câmera dos vereadores, nesta segunda-feira (14) em Sinop (500 km de Cuiabá), reforça o estado de colapso em que se encontra a saúde do município. Além da precariedade na estrutura das UBS (Unidade Básica de Saúde), os vereadores Adenilson Rocha e Ícaro Severo relatam (ambos do PSDB), a falta de medicamentos, utensílios básicos como copos descartáveis e folhas de receituário e até mesmo o medidor fetal, utilizado no pré-natal das gestantes.

“Futuras mães não estão recebendo pré-natais nas UBS, porque não tem matérias para fazer isso. O medidor fetal é para medir o coração da criança e não tem. Não tem nem lugar para as mães tomar água, não está tendo folhas para fazer simplesmente uma solicitação ou uma receita. É lamentável a forma que estão fazendo com a UBS. Atendimento básico não tem no nosso munícipio”, diz Adenilson.

Completando a denúncia o vereador Ícaro, que também esteve analisando algumas unidades de saúde municipais, disse ter presenciado as dificuldades que os servidores estão passando com a falta de insumos básicos.

“A gente tem andado muito nas UBS e visto várias falhas. Praticamente, sempre as mesmas, problemas com ar condicionado, pombos, falta de medicamentos, não tem cadeira odontológica, enfim são diversas a situação”, enfatiza Ícaro.

Severo também questiona as diversas falhas da gestão com os vereadores, afirmando ter protocolado vários requerimentos no ano passado, buscando informações sobre as UBS, publicidade e demais áreas, e não teve nenhum retorno até o momento.

“Somos ignorados, ou recebemos respostas vazias sem informações. Parece mesmo que estão empurrando com a barriga”, pondera.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Profissionais do sexo denunciam comerciante que as chamou de “putas”

Cinco pessoas morrem e 10 ficam feridas em acidente envolvendo dois carros em MT

Em protesto, Chopp será vendido pela metade do preço em Cuiabá

Desembargador diz não ver crime de estupro por vítima estar bêbada e ter tido...

Caldo, cuiabania e cerveja gelada: conheça 5 botecos de raiz na capital

X