|Sexta-feira, 20 abril 2018

Vereador “atropelado”

COMPARTILHE COMPARTILHE

O vereador Marcelo Bussiki (PSB), presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária de Cuiabá, alegou que foi atropelado na votação desta terça-feira, 18, que aprovou projeto de lei autorizando o desmembramento da Secretaria de Governo e Comunicação.  

O projeto, de autoria do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), foi aprovado por 19 votos contra três. Bussiki esbravejou que “passaram por cima da comissão”. Segundo ele, o projeto não estava em pauta e foi colocado em votação em regime de urgência. O desmembramento da secretaria foi uma das primeiras medidas anunciadas pelo gestor.

Emanuel alegou que não vai aumentar as despesas, já que a estrutura permanece a mesma, apenas desvinculando a atuação de duas áreas distintas.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Comerciante reage a assalto, tira arma de bandido, mata um e fere outro

Clarice Lispector e irmã escreviam manuais para “amansar” empregadas, relembra pesquisadora da UFMT

Família pede doação de sangue para o músico Bolinha

Terceira mulher é estuprada próximo à Unemat de Sinop

Juiz autoriza confisco de bens em cobertura dos Malouf por receio de calote

X