Trabalhadores que atuam no combate à covid receberão serviços de saúde mental

SES-MT executará o serviço, que será voltado para todos os profissionais da linha de frente da Rede Estadual e Municipal

(Foto por: Christiano Antonucci | Secom)

O Governo de Mato Grosso instituiu, por Decreto nº 947 de 2021, o Programa Especial e Estratégico de Instrumentalização da Saúde (PEEIS) para a oferta de Atenção à Saúde Mental e Apoio Psicossocial dos trabalhadores da Saúde e que atuam no combate à covid-19 nos hospitais e nas unidades estaduais, municipais e consorciadas de atendimento direto aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para a execução do programa, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) organizará equipe do próprio quadro de servidores para prestar o serviço, na modalidade de Teletrabalho, por meio da secretaria adjunta de Atenção e Vigilância em Saúde, Superintendência de Atenção à Saúde e Coordenadoria de Atenção às Doenças Crônicas.

Cerca de 70 municípios já aderiram ao programa, que atenderá também os trabalhadores das Unidades de Saúde Indígena em Mato Grosso.

“O objetivo deste projeto é manter a vida pessoal e sócio familiar dos servidores saudáveis. Desta forma, também teremos melhores condições e desempenho de trabalho. É muito importante que esses trabalhadores estejam emocionalmente amparados, porque eles estão dedicando a vida para salvar mais vidas”, explicou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A equipe técnica da SES-MT atuará junto aos Escritórios Regionais de Saúde (ERS), aos Conselhos Estadual e de Secretários Municipais de Saúde, às Secretarias Municipais de Saúde, às Comissões Intergestoras Regionais (CIRs) e Bipartite (CIB).

A oferta do serviço será por meio virtual, de forma individual ou por grupo, de acordo com a demanda de cada município ou do Estado. O Decreto Governamental vai vigorar até que haja o reconhecimento, por parte do Ministério da Saúde, de que a pandemia pela covid-19 não mais figura como situação de Emergência em Saúde Pública de importância nacional.

Para a execução do novo programa, a SES-MT está estabelecendo parcerias internas com a Escola de Saúde Pública (ESP-MT) e o Curso de Residência Médica Psiquiátrica da ESP/Ciaps, bem como com as Instituições de Ensino Superior públicas e privadas. Também estão sendo implantadas equipes multidisciplinares nas seis macro regiões do estado, junto aos 16 Escritório Regionais de Saúde.

Até o presente momento, foram realizados mais de 30 reuniões junto às regiões e aos municípios por meio das Secretarias Municipais de Saúde e das Comissões Intergestores, mais de 20 articulações com as universidades e mais de 10 atividades de capacitação e qualificação para as equipes assistentes.

Cuidando do Cuidador da Saúde

Antes do Programa Especial e Estratégico de Instrumentalização da Saúde, a SES-MT colocou em prática o programa Cuidando do Cuidador da Saúde. O projeto foi implementado em maio de 2020, frente ao cenário de pandemia pela covid-19 e com objetivo de promover acolhimento e assistência psicológica aos trabalhadores da Saúde Estadual.

A ação estava prevista para terminar em novembro, mas devido ao número de servidores que ainda recebiam a assistência do programa, a continuidade do trabalho foi estendida. Com o Programa Especial e Estratégico, essa assistência é ampliada para todos os profissionais da linha de frente covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS).

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresário é preso por associação criminosa de roubo de carga e desmanche de caminhões
Próximo artigoMaioria do STF vota para realização de concurso da PF no domingo