Cidade de MT decreta toque de recolher e proíbe entrega via delivery

Populares e comerciantes são afetados drasticamente pelo decreto assinado pelo prefeito

Com o argumento de evitar a disseminação do coronavírus, o prefeito de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), Roberto Dorner (Republicanos), decretou toque de recolher no município.

A partir desta sexta-feira (5), nenhum cidadão poderá circular em vias públicas no período das 23h até às 7h. Inicialmente, a medida valerá até o dia 19 de fevereiro, mas poderá ser prorrogada.

O decreto 030/21 obriga o comércio a encerrar as atividades às 22h e proíbe a atividade de trabalhadores informais, serviços de entrega no sistema delivery e, ainda, rede de ensino superior e correlacionados.

“Sempre deixei claro que minha intenção jamais será prejudicar o comércio com medidas drásticas. Junto com a Guarda Covil Municipal, com a Polícia Militar e a Secretaria de Saúde, foram realizadas fiscalizações e notificações. Mas mesmo com toda a ação de orientação e fiscalização, ainda registramos um aumento de números. Isso nos deixa triste. Não podemos ser omissos diante do cenário de mortes. Precisamos agir. A Câmara dos Vereadores, que tem participado das discussões, sugeriu uma nova ação para conter o avanço da doença”, declara o prefeito.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Elbio Volkweis (Patriota), informou que a decisão foi tomada em conjunto com o poder Legislativo.

“Essa decisão foi tomada com entidades de Sinop. É uma situação muito difícil pela qual nossa cidade vem passando ultimamente. Essa semana estávamos sem UTI. Então eu peço a colaboração de todos os sinopenses, de todos os donos de bares e restaurantes, que em breve tudo vai passar, tudo vai voltar ao normal”.

De acordo com o Boletim Epidemológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quinta-feira (4), o município de Sinop registrou 1.108 casos e 11 mortos em decorrência do coronavírus.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo auxílio emergencial só viria com calamidade pública, diz Guedes
Próximo artigoFuncionários dos Correios encontram jabuti enviado em caixa de SP para MT