Quatro homens que estavam em regime semiaberto são presos novamente em MT

Eles tiveram o benefício do regime semiaberto revertido por descumprimento das condições impostas pela Justiça

Foto por: PJC-MT

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Mirassol d”Oeste cumpriram no último sábado (11) quatro mandados de prisão em desfavor de indivíduos que cumpriam penas em regime semiaberto, porém tiveram o benefício revertido por descumprimento das condições impostas pela Justiça.

As ordens judiciais foram expedidas pelo juízo da Terceira Vara da Comarca local, sendo os suspeitos localizados e presos pelos policiais civis.

Um dos detidos foi um homem de 51 anos, morador do bairro Jardim São Paulo, e que responde pelos crimes de lesão corporal, receptação e roubo. Ele foi condenado há mais de 22 anos de reclusão, sendo localizado na praça do bairro onde reside.

O segundo preso, de 35 anos, responde por diversos furtos, sendo condenado há 2 anos e 9 meses. Ele também foi abordado pela equipe no bairro Jardim São Paulo.

O terceiro envolvido, de 36 anos, é acusado de tráfico de drogas ocorrido no ano de 2016. Na época dos fatos, o suspeito foi autuado em flagrante por transportar cerca de 42 quilos de entorpecentes, que estavam ocultados em compartimento secreto do veículo. O suspeito teve o mandado de prisão cumprido na zona rural do município.

Já o quarto suspeito, de 42 anos, tem diversas passagens criminais, responde pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, tráfico de drogas, corrupção de menores, embriaguez ao volante, apropriação indébita, entre outros delitos. Com quase 19 anos de condenação, ele foi localizado pelos policiais no município de São José dos Quatro Marcos.

Após o cumprimento dos mandados de prisão, os quatro envolvidos foram conduzidos para as providências cabíveis, e posteriormente encaminhados para a Cadeia Pública, ficando à disposição do Poder Judiciário.

O delegado de Mirassol d’Oeste, Matheus Prates de Oliveira, ressaltou que uma das prisões foi realizada por meio de reconhecimento facial, instrumento tecnológico utilizado pela Polícia Civil de Mato Grosso, visto que o procurado não portava documentos de identificação.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVirgínia Mendes
Próximo artigoSob polêmicas, Senado deve começar a votar PEC que reduz ICMS na gasolina