“Protocolos permitem segurança para realizar Copa América”, diz Queiroga

De acordo com o ministro da saúde, o Brasil possui condições de realizar a Copa América com segurança

(Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Nesta terça-feira (8), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que os protocolos apresentados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) permitem a segurança para a realização da Copa América no Brasil.

Durante sua fala como depoente na CPI da Covid, o ministro afirmou que o país já está enfrentando a pandemia e que os riscos com a realização do evento não serão maiores do que já são.

“O risco que a pessoa tem de contrair a covid-19 será o mesmo com o jogo ou sem o jogo. A doença é pandêmica, nós corremos riscos”, garantiu Queiroga.

Ainda no depoimento, o ministro lembrou que o aval sobre a realização do evento no país não depende dele, mas garantiu que acompanha os protocolos de segurança.

“A minha função neste episódio não foi dar aval para acontecer ou não a Copa América no Brasil, porque isso não é a função do Ministério da Saúde. O que o presidente me pediu foi que avaliasse os protocolos e nós avaliamos os protocolos da CBF e da Conmebol e são protocolos que permitem a segurança para a ocorrência dos jogos no Brasil”, afirmou o ministro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem burocracia de importação Tesla chega a concessionária de Cuiabá
Próximo artigoVárzea Grande: condomínios não têm abastecimento de água desde o início do ano