Procuram-se voluntários para testar vacina chinesa

Coronavac foi elaborada pelo chineses e está em fase de estudos no Brasil

(Foto: Reprodução/Veja)

O estudo clínico ProfisCOV, que consiste na testagem da vacina Coronavac e conduzido em 16 centros pelo Brasil, segue em busca de voluntários em Mato Grosso. O projeto, desenvolvido pelo Instituto Butantan e operacionalizado localmente pelo Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM-UFMT/Ebserh), iniciou os trabalhos no Estado em outubro.

A vacina é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Life Science. Para tornar-se voluntário, os seguintes pré-requisitos são obrigatórios:

  • Ser profissional da saúde com registro em conselho de classe – médico, enfermeiro/técnico em Enfermagem, nutricionista, fisioterapeuta, biólogo, psicólogo, assistente social, biomédico, farmacêutico, bioquímico, dentista, fonoaudiólogo, técnico em Radiologia e terapeuta ocupacional.
  • Maior de 18 anos
  • Atuar diretamente com pacientes de Covid-19
  • Residir em municípios da Baixada Cuiabana – Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Chapada dos Guimarães, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger.

Os candidatos podem ter ou não contraído a doença.

“Até agora foram atingidos 30% dessa meta. Para agilizar a disponibilização da vacina para a sociedade, o engajamento e participação dos voluntários são fundamentais”, atesta o coordenador local, professor Cor Jesus Fontes.

O ProfisCOV conta com apoio logístico e de divulgação das Secretarias de Estado de Saúde (SES/MT) e Municipal de Saúde de Cuiabá (SMS).

Além dos indicadores promissores, a Coronavac tem sido reconhecida por sua segurança na literatura científica da área da Saúde. “Até o momento, nenhum evento adverso grave ocorreu durante todo o período de testagem”, frisa o coordenador local.

Leiam também:

Serviço

Para quem tem interesse em participar do ensaio como voluntário, o contato com o HUJM deve ser realizado a partir dos telefones (65) 3615-7319 e (65) 98466-5246, ou WhatsApp (65) 98466-5246.

Mais informações também podem ser obtidas através do e-mail: [email protected] e [email protected]. Todos os interessados devem responder ao questionário de avaliação disponível na página do Instituto Butantan, pelo link (https://app.profiscov.com/home-public) .

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApoio ao Difal
Próximo artigoSTJ gasta quase meio milhão de reais para comprar leite condensado e biscoito