Procura-se voluntários: UFMT recruta profissionais da saúde para teste da CoronaVac

Até agora, apenas 20% do total esperado de voluntários se cadastrou no programa. O total é de 800 vagas

(Foto: Jacqueline Lisboa/Especial Metrópoles)

Com baixa adesão de voluntários até agora, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) está recrutando profissionais da saúde para os testes da CoronaVac. No Estado, a vacina é aplicada no Hospital Universitário Júlio Muller, em Cuiabá.

Em todo o país, a CoronaVac – a vacina chinesa, produzida em parceria com o instituto Butantan – já foi aplicada em mais de 10 mil profissionais da saúde, sem a apresentação de nenhum evento adverso grave.

Em Cuiabá, os testes começaram no dia 6 de outubro. A baixa adesão, porém, fez com que apenas 160 voluntários, 20% do total esperado, se cadastrasse para o programa. O objetivo é incluir aproximadamente 800 voluntários no teste.

LEIA TAMBÉM

“Esses voluntários têm que ser profissionais de saúde que façam atendimento de pessoas com covid 19 ou suspeitas de covid-19 e que tenham conselho de classe”, explica o professor Cor Jesus Fernandes Fontes, da Faculdade de Medicina da UFMT, responsável pelos testes.

Os pré-requisitos para voluntários interessados são: atuar como médico, enfermeiro, bioquímico, farmacêutico, técnico de enfermagem, fisioterapeuta, psicólogo, nutricionista, fonoaudiólogo ou dentista; ter registro em conselho de classe; ter idade acima de 18 anos; e estar atuando na atenção a pacientes com covid-19.

O voluntário já pode ter sido diagnosticado com covid-19.

Os interessados por entrar em contato partir dos telefones (65) 3615-7319 e (65) 98466-5246, ou WhatsApp (65) 98466-5246.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIBGE: 40,3% dos adultos são considerados sedentários no país
Próximo artigoVítima reage a assalto e leva tiro no ombro; PM acha bandidos e dois são alvejados