Vítima reage a assalto e leva tiro no ombro; PM acha bandidos e dois são alvejados

Uma terceira pessoa, que passava pelo local do crime, também atirou contra os ladrões, que acabaram desistindo do roubo

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma tentativa de roubo nessa terça-feira (17) no Bairro Asa Bela, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), acabou com a vítima alvejada pelos bandidos e os ladrões atingidos pela Polícia Militar.

O caso começou por volta das 23h40, quando dois homens renderam um jovem de 18 anos que estava conversando com um amigo na frente de casa. Eles tentaram roubar a motocicleta Honda XRE vermelha da vítima.

O rapaz, no entanto, reagiu ao crime e os ladrões atiraram contra ele, acertando seu ombro. Em seguida, uma pessoa que passava pelo local também reagiu e atirou contra os ladrões, que fugiram a pé, desistindo do roubo.

Troca de tiros e prisão

A Polícia Militar foi acionada e iniciou as buscas aos ladrões. Após perceberem que os suspeitos estavam em um ginásio poliesportivo, equipes da PM cercaram o local.

Logo que os militares começaram a entrar, os suspeitos saíram de debaixo de uma árvore, ambos com armas nas mãos, e receberam ordem para colocar as armas no chão.

O suspeito de 18 anos, no entanto, apontou a arma para os militares, que reagiram atirando e o acertaram. Ele caiu no chão, os policiais se aproximaram e o detiveram.

Somente neste momento foi possível identificar que a arma era falsa, embora muito parecida com uma pistola verdadeira.

Simultaneamente, outros policiais seguiram o outro suspeito, de 16 anos, que correu atirando contra a equipe, que também revidou os disparos e o atingiu.

Por fim, ele foi detido e, com ele, foi encontrado um revólver calibre 38 com três munições deflagradas e uma intacta.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou socorro aos suspeitos, encaminhando-os para o Pronto-Socorro de Várzea Grande sem risco de vida.

O caso foi registrado como roubo e tentativa de homicídio contra a vítima e lesão corporal – dos policiais contra os suspeitos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProcura-se voluntários: UFMT recruta profissionais da saúde para teste da CoronaVac
Próximo artigoZona Franca em Sinop? Deputado propõe benefícios tributários de até 25 anos