Polícia conclui investigação de sequestro em Tangará e quatro envolvidos são identificados

Três menores foram apreendidos e um maior preso. Vítima era um garoto de 17 anos, filho de um empresário

Foto por: PJC-MT

A as investigações sobre o roubo e sequestro do filho de um empresário de Tangará da Serra (250 km de Cuiabá), um adolescente 17 anos, que que aconteceu no último dia 12, foram concluídas pela Polícia Civil nessa terça-feira (18). Quatro envolvidos foram identificados, três deles são menores de idade.

Os dois primeiros suspeitos, um menor e outro maior, foram detidos na sexta-feira (14). O maior foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) e o menor segue apreendido na delegacia, aguardando vaga no sistema socioeducativo de Cuiabá.

O terceiro suspeito foi apreendido em operação em Diamantino (180 km de Cuiabá) nessa terça-feira (18) e será recambiado para Tangará da Serra. Ele é menor e estava com o celular da vítima, que foi roubado no dia do crime.

O último envolvido, também menor de idade, se apresentou na delegacia acompanhado da mãe.

Segundo o delegado Adil Pinheiro de Paula, responsável pelas investigações, os dois menores apreendidos nessa terça-feira ainda não possuem mandados de internação.

“Com base nas oitivas dos adolescentes e outros fatores levantados durante as investigações, será avaliada a possibilidade do pedido de internação dos outros dois menores envolvidos”, disse o delegado.

O caso

O adolescente de 17 anos foi sequestrado na porta de casa, no Bairro Vila Alta, em Tangará da Serra, no início da tarde do dia 12 de maio.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela mãe do garoto, o filho estava voltando da escola sozinho, dirigindo um veículo Polo de cor chumbo, e foi seguido por dois homens em uma motocicleta.

O adolescente reduziu a velocidade para entrar em casa e foi abordado pelo garupa da moto que, com uma arma, o rendeu, entrou no veículo, assumiu a direção, colocou a vítima no banco do passageiro e saiu com o carro.

O veículo foi encontrado cerca de 10 horas depois, abandonado na região do Bezerro Vermelho, uma comunidade próxima à cidade. O carro havia batido e estava fora da estrada.

Os policiais notaram que haviam pegadas na região de mata e identificaram que uma delas era da vítima. Então, seguiram as pegadas em busca do adolescente.

Já na madrugada do dia 13 o adolescente foi localizado na Rodovia MT-358, na região do Distrito de Progresso, e foi levado para a família.

Carro da vítima abandonado após a colisão (Foto: Bem Notícias)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOperação Akuanduba da PF apura supostos crimes em órgãos ambientais
Próximo artigoDesvio de rota à vista!