Desvio de rota à vista!

Se a Trincheira Jurumirim está na sua rota entre o trabalho e casa, é melhor já ir escolhendo um caminho alternativo

(Foto: Luiz Alves / Prefeitura de Cuiabá)

Quem precisa passar pela região da Trincheira Jurumirim, na avenida Miguel Sutil, todos os dias já pode ir pensando numa rota alternativa. A partir do dia 7 de junho a área deve ser interditada para reparos.

A obra é de reponsabilidade do governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá já se antecipou em deixar isso bem claro para a população.

Nesta terça-feira (18), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) cobrou que uma “ampla campanha” seja feita para que o cidadão que usa essa rota não seja “pego de surpresa” pelos desvios.

A trincheira deve permanecer interditada por aproximadamente sete meses. No local, será  corrigido um problema no sistema de drenagem de águas pluviais. A previsão é que seja necessário remover cerca de 1,5 metro de solo na parte interna da trincheira.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia conclui investigação de sequestro em Tangará e quatro envolvidos são identificados
Próximo artigoFalta de anestésicos tem impacto também nas clínicas veterinárias