PF cumpre mandados contra a comercialização e circulação de notas falsas no interior de MT

No curso das investigações foram apreendidas três encomendas postais contendo mais de R$7.500,00 em moeda falsa

(Foto: PFMT)

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (6), na cidade de Sapezal, a Operação “Posted Money”, com a finalidade de reprimir o comércio e circulação de moeda falsa no município.

As investigações decorrem do trabalho realizado pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência da Polícia Federal no Estado de Mato Grosso, a Unidade Especial de Repressão à Falsificação de Moeda (UERF) e a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios.

Durante a fase ostensiva da operação são cumpridos três mandados de busca e apreensão expedidos pela 7ª Vara Federal da Seção Judiciária do Mato Grosso.

Segundo o apurado, os investigados recebiam pelos Correios notas falsas adquiridas de laboratórios localizados em outros Estados da Federação. No curso das investigações foram apreendidas três encomendas postais contendo mais de R$7.500,00 em moeda falsa.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de moeda falsa (Art. 289, §1º, do Código Penal) e Associação Criminosa (Art. 288, do Código Penal), cujas penas, somadas, podem chegar até 15 anos de prisão.

A operação foi nomeada “POSTED MONEY”, termo em inglês, que traduzido para o português significa “DINHEIRO POSTADO”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEspetáculo baseado nas obras de Silva Freire celebra os 303 anos de Cuiabá
Próximo artigoRural e empresarial: FCO disponibiliza R$ 320 milhões em crédito em Mato Grosso