Operação Sonora suspende atividades de cinco bares e conduz um empresário à delegacia

A ação conjunta de órgãos ambientais e de segurança ocorreu na madrugada deste sábado (28)

(Foto: Davi Valle / Prefeitura de Cuiabá)

A 2ª Edição da Operação Sonora, realizada na madrugada deste sábado (28), simultaneamente em Cuiabá e Várzea Grande, interditou dois e suspendeu as atividades de três bares, além da apreensão de equipamentos de som e condução de um empresário à delegacia por resistência à fiscalização.

Também foi aplicado diversas notificações por poluição sonora e perturbação do sossego público.

Em Cuiabá, dois comércios foram interditados e três tiveram as atividades suspensas nas regiões da Praça Popular e Avenida Beira Rio a partir do momento da fiscalização. A medição sonora feita com o aparelho decibelímetro apontou o som acima nos níveis permitidos e reincidência em poluição sonora e perturbação do sossego público.

Em Várzea Grande, um comerciante resistiu à fiscalização, ou seja, não aceitou a presença e a ação dos agentes públicos, e acabou sendo conduzido à delegacia. Uma carreta de som foi apreendida na ação.

Sob a coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Secretaria de Estado de Segurança Pública, agentes de segurança e outros profissionais de 14 órgãos estaduais e municipais atuaram nessa operação.

De acordo com o GGI, essa ação foi desencadeada com base em registros de órgãos municipais que apontam reincidências de comércios na prática da poluição sonora, perturbação do sossego, entre outras.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApreensões nas fronteiras dão prejuízo de R$ 51,3 milhões ao crime transnacional
Próximo artigo29 de maio, Dia Mundial da Energia!