MPF investiga queimadas que atingiram reserva indígena em Mato Grosso

Área de mais de 219 mil hectares quase foi queimada completamente, segundo Ibama

(Foto: Divulgação/PF)

O Ministério Público Federal em Barra do Garças (MPF-MT) instaurou procedimento para apurar as queimadas no interior da Terra Indígena (TI) Areões, da etnia Xavante. A terra está situada no município de Nova Nazaré (800 km de Cuiabá).

De acordo com o procurador da República Everton Pereira Aguiar, a investigação foi motivada diante de informações sobre a ocorrência de queimadas de grandes proporções no local. A terra possui 219 mil hectares e abriga a cerca de 1,5 mil indígenas.

Assim, o MPF pediu informações à Polícia Federal e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Pediu também dados detalhados ao Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe).

Conforme o Ibama e a PF informaram na quarta-feira (28), o local quase foi extinto pelo fogo.

Imagens divulgadas pelo Ibama mostram a área atingida pelo fogo. A vegetação ainda apresentava focos de incêndio e diversas toras de madeira foram abandonadas no local.

Em fiscalização durante a Operação Siriema, foram encontrados acampamentos. No entanto, não havia mais ninguém por lá. Polícia suspeita que informações sobre a operação foram vazadas.

(Com assessoria)

Leia também

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFilho ameaça o pai de 71 anos e é assassinado a facadas pelo idoso
Próximo artigoHomem disfarça venda de drogas consumindo tereré na porta de casa