MP denuncia ex-secretário de Segurança por ameaça a delegado

Crime teria ocorrido quando Flávio Stringueta chefiava inquérito da "Grampolândia Pantaneira"

Rogers Jarbas chegou a ser preso durante as investigações dos grampos ilegais em MT (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Ex-secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, o delegado Rogers Elizandro Jarbas foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) sob a acusação de ameaçar o colega de trabalho Flávio Henrique Stringueta.

O crime teria ocorrido na época em que Stringueta chefiava as investigações da chamada “Grampolândia Pantaneira” e que resultaram na deflagração da Operação Esdras, em que o próprio Jarbas acabou preso.

A denúncia do MPE foi protocolada nesta sexta-feira (13). Nela, Rogers Jarbas é acusado de “usar de violência ou grave ameaça, com o fim de favorecer interesse próprio ou alheio, contra autoridade”. A pena prevista é de um a quatro anos de reclusão e multa.

De acordo com o MPE, o caso ocorreu no dia 28 de março de 2018, no interior de um supermercado de Cuiabá. Jarbas teria tentado intimidar Stringueta e, posteriormente, provocado uma discussão no estacionamento.

Na oportunidade, o ex-secretário teria xingado o delegado de “safado” e o instigado a resolver as coisas de “homem pra homem”, diz a denúncia.

Conforme o MPE, imagens do circuito interno de câmeras do supermercado demonstram que a investida do ex-secretário teve “requinte de premeditação”.

A denúncia foi oferecida pela 19ª Promotoria Criminal de Tutela Coletiva de Segurança Pública da Capital.

LEIA TAMBÉM

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. O fato não ocorreu quando Stringueta chefiava as investigações, mas quando o inquérito estava tramitando na polícia federal e no superior tribunal de justiça.
    Por isto não houve coação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMissão do jovem no agronegócio será debatida no YAMI
Próximo artigoPM salva 60 tartarugas que iriam para a panela em MT