Mato Grosso aposta no turismo ecológico como preservação do meio ambiente

(Foto: Reprodução/O Livre)

O Turismo Ecológico ou Ecoturismo, diferente do turismo convencional, promove a prática de atividades em áreas naturais, de maneira sustentável e preocupada com a preservação do meio ambiente explorado, sem causar qualquer impacto negativo à sua biodiversidade. O tema é muito significativo e foi comemorado neste domingo (01.03).

Introduzido no Brasil em 1988, o Turismo Ecológico cresceu, ganhou adeptos e se solidificou como importante trade turístico no país tão rico, provido de um ecossistema composto por variadas espécies da fauna e flora, únicos no mundo.

Em Mato Grosso, berço do Pantanal, do Cerrado e da Amazônia, biomas repletos de particularidades, os turistas têm contato direto com a natureza, mais são recepcionados e orientados pelos hotéis sobre as condutas permitidas nas visitações, um meio de preservar ao máximo o ambiente natural.

“O turismo ecológico é aquele tipo de viagem que permite ao turista conhecer e explorar a natureza e seus recursos, de maneira consciente, sempre respeitando, preservando o meio ambiente e contribuindo para conservar o patrimônio natural, social e também cultural”, explica o gestor ambiental do Hotel Mato Grosso Águas Quentes, Joab Almeida Silva, que também cursa MBA em Gestão de Ecoturismo.

O hotel, localizado nas dependências do Parque Estadual de Águas Quentes, em Santo Antônio do Leverger, a cerca de 85 km de Cuiabá, segundo o gestor ambiental, segue regras de condutas rígidas e atua através do sistema de gestão ambiental padrão ISO 14001, por estar inserido em uma área de conservação ambiental.

“Através desse sistema, identificamos os impactos significativos de cada área do hotel e, posteriormente, adotamos uma medida de controle do impacto que é implantado no dia a dia do trabalho, como uma espécie de gestão de riscos. Dessa forma, conseguimos conciliar o desenvolvimento econômico à preservação da natureza, que é um dos pilares do turismo ecológico”, completa Joab.

Já os turistas são orientados sobre algumas importantes condutas que devem ser adotadas durante a visitação ao parque, como não utilizar sabonete ou qualquer tipo de produto químico ao entrar nas águas de rios e cachoeiras.

Além disso, todo lixo deve ser descartado em coletores e trazidos de volta dos passeios; a proibição de caça, pesca e fogueiras; não remover plantas, pedras ou qualquer outro pertence que possa prejudicar o ecossistema local; respeitar os animais, não tentar pegá-los ou ficar muito próximos deles, observar de longe; colaborar com o silêncio, pois o barulho atrapalha os animais, dentre outras.

Segurança e Tranquilidade

O gestor ambiental ressalta que todos os locais de práticas de turismo ecológico têm suas próprias regras e orientações para garantir a segurança e tranquilidade do passeio e também para proporcionar maior integração das pessoas com a natureza.

“No geral, o que esperamos dos turistas são atitudes relacionadas à conservação da qualidade da água, da qualidade do solo, da preservação das espécies da fauna e da flora”, reitera Joab, que ainda cita a preocupação do hotel com as trilhas do parque, constantemente avaliadas e em manutenção para conter os avanços da erosão.

O estabelecimento também tem grande preocupação com os insumos provenientes das atividades de ecoturismo, adotando critérios rigorosos para a gestão de resíduos. “Tudo o que não pertence ao local deve ser devolvido”, lembra o gestou ambiental, ao comentar ainda que o turismo ecológico proporciona melhoria da infraestrutura em localidades abrigadas, além de empregabilidade para comunidades que vivem próximas.

O Hotel Mato Grosso Águas Quentes é administrado pela Rede de Hotéis Mato Grosso, que também administra o Pantanal Mato Grosso Hotel, localizado no coração do Pantanal, às margens do rio Pixaim, onde o turista tem contato direto com um dos ecossistemas mais impressionantes do mundo.

O destino é inesquecível, já que o visitante fica bem pertinho da fauna e da flora pantaneira, seja nos apartamentos confortáveis, nas trilhas ou nos passeios de barco. Ainda tem passeio a cavalo, focagem noturna e o observatório de pássaros, onde aves de várias espécies podem ser observadas pelos turistas.

Seguindo práticas sustentáveis e com supervisão de profissionais, o turismo ecológico promove além do bem estar do contato com a natureza, atividades esportivas e educacionais, realizando a integração do homem com ao meio ambiente. O Pantanal Mato Grosso Hotel fica a 65km da cidade de Poconé/MT.

Sobre a Rede de Hotéis Mato Grosso

A Rede de Hotéis Mato Grosso tem 54 anos de história. É formada por seis estabelecimentos: Hotel Mato Grosso Palace, Hotel Mato Grosso, Paiaguás Palace Hotel, Hotel Fazenda Mato Grosso, Hotel Mato Grosso Águas Quentes e Pantanal Mato Grosso Hotel, todos localizados em áreas estratégicas em Cuiabá e em áreas de preservação do Estado.

Fotos: Divulgação

ASSESSORIA DE IMPRENSA REDE DE HOTÉIS MATO GROSSO
Cafeína Conteúdos Inteligentes
Luciane Mildenberger – (65) 99971-1825

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCNJ inocenta Selma Arruda e não vê sentenças para promoção política
Próximo artigoEntenda porque um abraço de Dráuzio Varella comoveu a internet e até Rodrigo Santoro

O LIVRE ADS