Mato-grossenses já pagaram R$ 30 bi em impostos

Se comparado ao mesmo período do ano passado, valor é 23% maior

De 1º de janeiro a 20 de outubro de 2021, os mato-grossenses atingiram a marca de R$ 30 bilhões pagos em impostos, taxas, contribuições e multas. O valor representa uma acréscimo de 24% em relação ao que foi pago para o governo no mesmo período do ano passado, R$ 24 bilhões.

Os dados foram coletados do Impostômetro, que está instalado no telão da Fecomércio-MT, localizada na avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA). Conforme a estatística, a maior fatia deste valor vem do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e da Renda (IR).

No ano passado, até esta data, o estado havia recolhido em tributos R$ 24.379 bilhões. Já a marca dos R$ 30 bi foi atingida somente em 23 de dezembro, o que significa que os mato-grossenses estão pagando mais impostos neste ano.

Segundo o Boletim da Receita Estadual, disponibilizado pela Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT), até o dia 31 de agosto, o ICMS recolhido do agro, indústria, comércio e serviços atingiram R$ 11.394 bilhões (valor corrigido). Desse total, 59,7% corresponde ao comércio e serviços (R$ 6.595 bilhões).

Ainda segundo o boletim, os valores já se aproximam dos registrados em todo ano de 2020, quando somavam R$ 12.487 bi e R$ 7.419 bi, respectivamente. Com relação ao ano de 2019, a arrecadação já é superior, em virtude da reforma tributária aprovada naquele ano e que entrou em vigor no ano seguinte.

(Com Informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPMs são presos por homicídio de empresário no interior de MT
Próximo artigoProjeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência