Juíza manda prefeitura criar mais 10 pontos de vacinação em Cuiabá

Sentença da juíza Celia Regina Vidotti visa acelerar o ritmo de vacinação a atender bairros mais distantes

Foto: Reprodução

A Justiça de Mato Grosso determinou, nesta segunda-feira (19), que a Prefeitura de Cuiabá crie, pelo menos, mais 10 pontos de vacinação contra covid-19. A decisão é da juíza Celia Regina Vidotti, da Vara Especializada de Ação Civil Púbica e Ação Popular.

Em caráter liminar, a sentença atende a um pedido do Ministério Público de Mato Grosso e tem prazo de três dias para ser cumprida. Em caso de descumprimento, a prefeitura deve pagar multa de R$ 1 mil por dia.

Em nota, a assessoria informou que a prefeitura ainda não foi notificada sobre a decisão, mas que irá “se inteirar para definir as providências a serem tomadas”.

“Bairros mais longínquos”

“Não se faz necessário conhecimento técnico específico para compreender que ampliar os locais que oferecem a imunização, levando-os para mais perto fisicamente da comunidade é fator que vai acelerar o processo de imunização da população, reduzindo o tempo de espera do agendamento”, diz a magistrada.

Ainda na decisão, a juíza diz que o objetivo é atingir bairros mais distantes do Centro. Ela cita como exemplo o Jardim Industriário; Pedra 90; Pascoal Ramos; Residencial Coxipó; Parque Cuiabá; Coophema; Tijucal; CPA III; Três Barras, Doutor Fábio, Novo Paraíso e Coophamil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno vai comprar helicóptero de R$ 21 milhões para apagar incêndios
Próximo artigoRotina fitness após a covid? Pacientes que se curaram contam como recomeçar