Janaina Riva acusa Samira de espalhar conteúdo de grampos na alta sociedade

Ednilson Aguiar/O Livre

deputada Janaína Riva

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) usou a tribuna nesta quarta-feira (27) para acusar a ex-mulher do governador Pedro Taques (PSDB), Samira Martins, de espalhar na alta sociedade cuiabana o conteúdo de conversas grampeadas. A parlamentar afirmou que ouviu burburinhos que a ex-primeira-dama fazia isso abastecida de informações passadas por sua personal trainer e amiga Helen Christy Carvalho Dias Lesco, mulher do ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco.

“Já havia um burburinho na cidade que essa senhora divulgava as conversas que o marido dela ouvia. E os que se dizem da alta sociedade, que se acham maiores do que todos aqui em Cuiabá, usavam essas informações, inclusive para me prejudicar”, disparou Janaina.

Janaina afirmou que quer prestar depoimento e passar ao relator do caso, o desembargador Orlando Perri, os nomes dessas senhoras da alta sociedade.

“Samira passava informações para essas amigas. Estou ansiosa para dar os nomes para o desembargador Orlando Perri e expor essa alta sociedade fajuta, que também é criminosa, que usurpava do povo de Mato Grosso ao usar das informações da privacidade de cada um de nós”, discursou.

Desde que veio à tona o escândalo dos grampos ilegais, quando foi divulgado que o telefone de Janaina foi grampeado, a deputada declarou, por diversas vezes, que estranhava postagens e indiretas feitas por Helen em suas redes sociais. Na interpretação da deputada, a esposa de Lesco teve acesso a informações sobre sua vida pessoal por meio dos grampos, o que explicaria as postagens.

Helen e o coronel Lesco foram presos nesta quarta na Operação Esdras, da Polícia Civil. Houve um pedido de condução coercitiva para Samira também, que foi negado pelo desembargador Perri. Em sua petição, a delegada Ana Feldner diz que Samira teria atuado em conjunto com Helen para cooptar o tenente-coronel José Henrique Costa Soares para o “grupo criminoso”.

O LIVRE tentou falar falar com a advogada Samira Martins, mas não obteve sucesso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLíder do PSD na Câmara prevê mais votos contra Temer na 2ª denúncia
Próximo artigoThiaguinho “invade” casamento de fãs para cantar

O LIVRE ADS