InterCorte discute estratégias para vender mais e melhor na pecuária

Evento realizado em 12 e 13 de abril reúne a cadeia produtiva da carne para debater os melhores caminhos para pecuária brasileira

A InterCorte, evento que percorre de forma itinerante há seis anos os principais polos de produção pecuária do Brasil, chega mais uma vez à capital mato-grossense. O estado, que possui o maior número de bovinos no país, cerca de 14% do total brasileiro, recebe o evento nos dias 12 e 13 de abril, em novo local, o Cenarium Rural, em Cuiabá (MT).

“O espaço possui privilegiada visão panorâmica da cidade, é bem localizado e totalmente refrigerado. Além disso, conta com estacionamento para mais de 400 veículos, salão principal com 2.032 m2 e capacidade para até duas mil pessoas”, destaca Carla Tuccilio, Diretora do Terraviva Eventos, empresa responsável pela realização da InterCorte.

“Temos muitas possibilidades que ainda não são de conhecimento dos produtores e que serão colocadas em pauta durante a InterCorte. Temos que pensar em novos rumos para nossa atividade. Para isso, precisamos agregar valor ao nosso produto, melhorar a qualidade da nossa carne e atingir outros mercados que pagam mais por isso. Temos que ter produtos para todos os públicos”, enfatiza Marco Túlio Duarte Soares, presidente da Acrimat – Associação dos Criadores de Mato Grosso, que realiza a InterCorte em conjunto com o Terraviva Eventos.

Quatro blocos temáticos
A programação nos dois dias de evento será dividida em quatro blocos temáticos. O primeiro, com o tema Produzir Mais Carne, demonstrará que a eficiência técnica gera maiores ganhos a partir do conceito de produzir mais com menos. Dentre os palestrantes do painel estão o Prof. Dr. Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador da APTA-Colina; o gerente técnico da Connan, Marcio Bonin; Alexandre Zadra, supervisor regional AC, MT, MS, RO e Juliana Ferragute, gerente de produto corte, ambos da GENEX (antes CRI Genética); Rogério Fonseca Peres, gerente de contas chaves corte da América Latina da ABS Pecplan e um case do produtor Marcos Jacinto, de Gaúcha do Norte (MT). O encerramento do painel terá um debate com os palestrantes e será mediado por Diéde Loureiro, diretor da Fazen.

Ainda no primeiro dia, o tema do segundo bloco será voltado à Inovação, que abordará junto ao produtor métodos e novas técnicas da chamada quarta revolução, por meio de palestras e apresentações de cases de sucesso. Dentre os palestrantes do painel está o sócio-diretor da SP Ventures, Francisco Jardim; Élder José de Mello Bruno, Head de Canais e Alianças da JetBov; o presidente da Fazen, Vasco Oliveira Neto; Marcelo Ribas, da Intergado; Paulo Marcelo, da Gestão Agropecuária e Gustavo Martini, pecuarista de Rondonópolis (MT), que apresentará um case de sucesso, seguido por um debate entre os palestrantes, mediado pelo diretor-executivo da Acrimat, Luciano Vacari.

No segundo dia, o destaque será Vender Mais e Vender Melhor, que pretende apresentar ao produtor meios e subsídios para melhorar o mercado da carne. O painel, que inicia na manhã do dia 13 e segue até o meio da tarde, contará com nomes como Renato Dib, professor titular nos cursos de Zootecnia e Medicina Veterinária, na Universidade Estadual de Goiás – UEG; Fabiano Tito Rosa e Michel Torteli da Minerva Foods; Maurício Tonhá, da Estância Bahia Leilões; Antônio Ricardo Sechis, da BEEF PASSION; o consultor Ivan Wedekin; Miguel Cavalcanti, do Beef Point; o Rafael Sguissardi, de Nova Canaã do Norte (MT) e o produtor Luciomar Machado, de Pontes e Lacerda (MT).

Por fim, o último painel do evento será dedicado à Comunicação, com o objetivo de promover o debate com o produtor sobre a sua habilidade de comunicação, como ele divulga seus resultados e ações, e como a sociedade enxerga o agronegócio. “Entendemos que um dos gargalos da atividade é a forma com que o produtor se comunica com a sociedade. Precisamos entender juntos qual a melhor forma de contar ao público em geral como funciona a nossa atividade”, explica Carla.

Essa problemática será abordada pelo jornalista e publicitário, José Luiz Tejon, uma das principais referências em Marketing do Brasil e discutida com profissionais da comunicação, como Mauro Zafalon, da Folha de S. Paulo, Miguel Cavalcanti, do Beef Point e Tobias Ferraz, do canal Terraviva. Fechando o bloco, o produtor Ricardo Arioli compartilhará com o público os resultados do seu trabalho na pecuária.

“Será uma oportunidade para o público interagir, tirar dúvidas e entender melhor como funcionam os veículos de comunicação para pensar em estratégias que melhorem a percepção do público sobre a pecuária”, ressalta Carla.

Condições especiais para negócios na feira
Além do workshop, a InterCorte Cuiabá terá uma feira de negócios com a participação de mais de 30 empresas de referência na pecuária, que apresentam suas inovações para os produtores. Para essa edição, algumas empresas prepararam condições especiais para compra de produtos durante a InterCorte.

Estarão no evento as empresas Fazen, Marfrig, Minerva Foods, Nutron, Ourofino Saúde Animal, Tortuga – DSM, Trouw Nutrition, ABS, Acrivale, Agroceres Novanis, Allflex, Bayer, Beckhauser, Biogénesis Bagó, Brutale, Campo Nutrição Animal, Celeiro Carnes Especiais, Coimma, Connan, Estância Bahia Leilões, Eucalipto Tratado Santo André, Exacta Balanças, GENEX, MSD Saúde Animal, Multbovinos, Oligo Basics, Panucci Pré Moldados, Real H, Rubber Tank, Sistema Famato, Hedge Agro, Programa Leilões e Senepol da Conquista.

Beef Hour e Festival Braseiro
Para promover a confraternização entre os participantes da InterCorte e celebrar a grande estrela do evento, que é a carne bovina, ao final do primeiro dia de programação será promovida a Beef Hour, com degustação de cortes da Celeiros Carnes Especiais, Minerva Foods e Senepol da Conquista.

A InterCorte culminará com a realização da quarta edição do Festival Braseiro, no dia 14 de abril, no Rancho Dourado, em Cuiabá (MT). O evento mobilizará cerca de 300 churrasqueiros para comandar 40 estações de preparo de carnes na capital mato-grossense com a missão de assar cerca de quatro toneladas de cortes especiais de bovinos, suínos, aves, peixes e cordeiros.

Mais de três mil pessoas são aguardadas no Festival Braseiro, que funciona no sistema open food e open bar. Ou seja, todas as pessoas que comprarem ingressos poderão comer à vontade e terão acesso livre ao bar de chopp Louvada.

Sobre a InterCorte
Desde a sua criação em 2012, a InterCorte já contou com a participação de mais de 27 mil pessoas, a maior parte pecuaristas, em eventos que percorrem algumas das principais regiões pecuárias do País para levar informação, conhecimento e tecnologia.

Além de Cuiabá, a edição de 2018 passará por Marabá (PA) em maio e São Paulo (SP) em novembro.

A InterCorte faz parte do “Integrar para Crescer”, plataforma de comunicação que envolve eventos e ações com o intuito de disseminar informação de qualidade, reverberando os temas e discussões relevantes ao setor. Além da InterCorte, a plataforma ainda promove ações como o movimento #SomosdaCarne, a Beef Week, Interconf e Caminho do Boi, visando sempre o crescimento e fortalecimento do agronegócio no Brasil.