|Segunda-feira, 20 agosto 2018

    IBGE: inflação e juros baixos e alta da massa salarial explicam melhora no varejo

    6
    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Ednilson Aguiar/O Livre

    Dinheiro

    dinheiro

    A redução de juros, a inflação mais baixa e o aumento da massa salarial estão por trás da melhora no varejo, segundo Isabella Nunes, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Em janeiro, as vendas cresceram 0,9% em relação a dezembro. Na comparação com janeiro de 2017, a alta foi de 3,2%, a décima taxa positiva consecutiva. Isabella ressalta que o avanço já não teve ajuda de uma base de comparação tão fraca, como ocorreu em meses anteriores. A recuperação se dá sobre um patamar mais elevado.

    As oscilações nas vendas mês após mês, entretanto, ainda limitam a velocidade de recuperação de patamares recordes registrados pelo setor. O volume vendido pelo varejo está 8,1% abaixo do pico registrado em outubro de 2014. No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, as vendas estão 14,8% inferiores ao ponto máximo alcançado em agosto de 2012.

    “Os resultados na margem (série com ajuste sazonal) vêm mostrando alguma volatilidade, acho que acompanham um pouco a recuperação lenta da atividade econômica, na medida em que tem muita ociosidade ainda na economia. E essa ociosidade faz com que 12,6 milhões de trabalhadores não estejam trabalhando, não estejam podendo exercer seu poder de compra mais plenamente”, lembrou Isabella.

    Revisões

    As revisões dos dados de vendas no varejo de dezembro do ano passado, que recuaram menos do que o estimado, foram motivadas pelo ajuste sazonal e pela entrada de novas informações fornecidas pelos participantes da pesquisa, especialmente os da atividade de supermercados. “Supermercados é um setor que tem muita empresa, uma atividade muito pulverizada”, explicou Isabella Nunes. O volume vendido em dezembro de 2017 ante novembro passou de uma queda de 1,5% para redução de 0,5%.

    O coordenador das Pesquisas Conjunturais do IBGE, Flávio Magheli, informou que não há previsão de nova revisão na PMC este ano, incluindo a anunciada mudança de base fixa para base móvel. “Não vamos fazer (a mudança de base fixa para base móvel), temos outras prioridades, não será feito agora. É uma mudança que não é simples”, justificou Magheli.

    De acordo com o coordenador, como os usuários já estão acostumados com a base fixa atual, será necessário que o IBGE faça antes de qualquer mudança conduzir consultas, debates e esclarecimentos com usuários.

    “Não tem alteração de peso, não tem alteração de amostra, não tem alteração de número índice para base móvel. No ano passado houve mudança de amostra, novas empresas e novos informantes, houve encadeamento da serie. E permaneceu a base fixa”, resumiu Isabella.

    (Com Agência Estado)

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Brasileira é encontrada morta a facadas em cidade do Paraguai
    UFMT recebe 17 estudantes de 6 países da Europa e América Latina nesta terça-feira
    Duas pessoas morrem em colisão na BR-163, em Nova Mutum
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Candidato ao Senado, Sachetti defende legalização da maconha em sabatina
    Carlos Abicalil entra com recurso no TRE para assumir vaga de senador
    Mendes lidera pesquisa ao governo com 23% e Taques tem 18%
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    País pode ganhar novo marco para o setor agropecuário
    Sistema de classificação de grãos precisa evoluir, alerta Aprosoja Brasil
    Vencedores do Prêmio de Mobilização visitam fábrica da New Holland em Curitiba
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Evento circense reúne artistas da América Latina em Cuiabá com apresentações ao público
    Fotógrafos profissionais e amadores terão consultorias gratuitas nesta semana
    Inédito em Cuiabá, filme com Patrícia Pilar será exibido no Cine Teatro nesta terça
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
    Roraima volta a pedir ao STF limite de entrada de venezuelanos
    Planos de saúde poderão ser obrigados a cobrir tratamentos contra o tabagismo
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
    Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
    Sine Municipal oferece 78 novas oportunidades para quem deseja retornar ao mercado de trabalho
    X