Happy hour com cinco bandas marca inauguração da Cervejaria Louvada

O evento começa às 17h com uma programação especial com shows de cinco bandas

O tradicional happy hour da Cervejaria Louvada terá um sabor especial nesta quinta-feira (13). Será o momento de compartilhar com os clientes a inauguração da nova fábrica com uma planta que permite ampliar a produção em até 500% e ainda muito mais tecnológica.

“Temos muito orgulho em falar que a Louvada é de Cuiabá e por isso não poderia ser diferente. Queremos comemorar e honrar cada momento com nossos clientes, pois foram eles que nos permitiram crescer. E é pensando nisso que deixamos para marcar a inauguração no nosso tradicional happy”, comenta Ygor Quintela, diretor comercial da Louvada.

O evento começa às 17h e, desta vez, com uma programação especial com shows de cinco bandas. Thiago Maia, Contra Ataque, Sixtons, Camila Fidelis e Heróis de Brinquedo serão os responsáveis por garantir a animação da galera. Todas elas já estiveram no palco do happy da Louvada. A comida ficará por conta dos foodpark do Roostic, Cozinha dos fundos e O Cara do Churrasco.

O mestre cervejeiro da Louvada, Gregório Ballarotti Laurindo, explica que, além do aumento da capacidade produtiva, a nova fábrica chega para figurar entre as mais modernas do país no âmbito das cervejarias artesanais. “Será totalmente automatizada. Além disso, adquirimos um software alemão, o principal utilizado hoje nas maiores cervejarias do mundo. Assim, conseguimos um refinamento na gestão dos processos e um melhor controle da produção em todos os aspectos”, destaca.
Novos estilos e sabores

Os clientes da Louvada podem esperar ainda com a nova fábrica novos estilos e sabores, conforme garante Ygor. Ele conta que a cervejaria adquiriu uma minifábrica para criar e testar novos produtos que pretende colocar no mercado.

“Queremos trazer novidades, mas elas precisam estar dentro do padrão que queremos antes do lançamento. Então, o equipamento nos possibilitará isso. Nos dará a chance de fazer produtos especiais. Se quisermos colocar no nosso bar da fábrica algo diferente, vamos produzir e oferecer para o cliente lá mesmo, de maneira sazonal”, adianta.

São avanços bastante comemorados pelo empresário. “Estamos muito felizes. Aconteceu tudo muito rápido. Em três anos construir uma fábrica desse tamanho é algo que muito nos orgulha. É a certeza de que vamos continuar levando qualidade para o cuiabano e agora para o brasileiro também”, projeta.

 

Com Assessoria 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVarejo tem queda de 0,4% de setembro para outubro, diz IBGE
Próximo artigoTCE diz que empresa de radares eletrônicos recebeu recursos indevidos