Governo de Mato Grosso corre contra o tempo para aprovar empréstimo

Governo luta por aprovação de empréstimo que o livrará de pagar parcela de outra dívida

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Mauro Mendes (DEM) disse nesta semana que o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, continua sua peregrinação por Brasília para assinar o contrato de empréstimo de U$ 332,6 milhões com o Banco Mundial. Os trâmites para liberação do empréstimo são feitos com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), ligada ao Ministério da Economia.

A STN será responsável por elaborar o projeto de lei que será encaminhado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao Senado Federal, já que a União atua como garantidora dos empréstimos feitos pelos estados.

O governo corre contra o tempo para não pagar uma parcela da dívida com o Bank of America, de mais  R$ 140 milhões em setembro. O governo do Estado trabalha para que o trâmite seja encerrado ainda no primeiro semestre, no mais tardar no início do segundo semestre do ano. Ao invés de desembolsar o montante para pagar a dívida em quatro anos, o governo deve alongar o pagamento em parcelas mensais durante 20 anos.

O dinheiro a ser emprestado pelo governo será usado para saldar a dívida com o Bank of America e, o restante, em projetos ambientais da estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), lançada em 2015, durante a COP 21 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), realizada em Paris.

Em Mato Grosso, o governo conseguiu rápida aprovação do empréstimo na Assembleia Legislativa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasal vai a mercado, enche o carrinho de compras e sai sem pagar
Próximo artigoMotociclista morre após ser atingido por carro em rodovia