Governador Mauro Mendes não vetará lei de reabertura de escolas

Mauro Mendes diz que as instituições de ensino ficam autorizadas a retomar as atividades presenciais logo que a lei for sancionada

O governador de Mato Grosso Mauro Mendes disse que irá sancionar o projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa que torna os serviços escolares essenciais na pandemia. Mas avisou que a medida pode ter consequência não ponderada pelos deputados. 

“Eu não vou vetar um projeto que diz que a educação é essencial, eu sei que é essencial. Mas, uma vez sancionada a lei, as escolas ficam obrigadas a voltar neste momento. Os deputados têm que saber que lei tem consequência”, disse. 

O projeto de lei deve ser sancionado pelo governo nos próximos dias. Ele foi aprovado na primeira semana de abril, com o reconhecimento de que escolas e universidades podem reabrir as portas logo que a normativa entrar em vigor. 

As instituições de ensino estão sob restrição desde o primeiro decreto do governo em 2020. No setor privado, alguns municípios já autorizaram o retorno híbrido das aulas e, no setor público, é mantida a modalidade remota. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPor que o Brasil exporta tão pouco?
Próximo artigoRenan Calheiros será relator da CPI da Covid