Fim do comitê de enfrentamento

Emanuel Pinheiro diz que trabalho do grupo de especialistas se tornou nulo com a "invasão de competência" do Judiciário

(Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cuiabá)

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus deve ser destituído em Cuiabá. O prefeito Emanuel Pinheiro disse que os trabalhos do grupo de especialistas em Saúde se tonaram nulos com a “invasão de competência” gerada por decisão judicial que impôs a quarentena obrigatória. 

LEIA TAMBÉM

O comitê foi criado logo no início da pandemia em Mato Grosso e é responsável pela análise dos dados de contágio na Capital. Conforme o prefeito, todas as medidas anunciadas até esta semana tiveram como base o trabalho deste grupo de profissionais.

Por exemplo, o regime de isolamento social no fim de março, a retomada gradual das atividades econômicas no fim de abril e o toque de recolher, que entrou em vigor há cerca de duas semanas. 

A discussão mais recente foi a instituição do “kit covid” como parte do protocolo de tratamento da doença na rede municipal do Sistema Único de Saúde (SUS). 

A previsão é que as atividades do Comitê não passem deste fim de semana. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá e Várzea Grande iniciam “lockdown” e população não sabe o que fazer
Próximo artigoDeputado protocola pedido de intervenção na saúde em MT