Escola de Cuiabá oferece aulas online gratuitas para alunos que farão o Enem

Conteúdo será disponibilizado no Youtube e ficará na plataforma por tempo indeterminativo

Arquivo/Agência Brasil/EBC

O Colégio Fato, de Cuiabá, está oferecendo aulas gratuitas para alunos que estão se preparando para o Enem 2020 em casa durante a pandemia de coronavírus.

São 750 aulas inéditas disponíveis na internet por meio do Projeto Fato Livre. O conteúdo será disponibilizado no Youtube e ficará na plataforma por tempo indeterminativo.

As aulas são produzidas pelos próprios professores da instituição. O conteúdo vai contar com conhecimento em Português, Matemática, Química, Física, Biologia, História, Geografia, Filosofia e Sociologia.

As aulas serão postadas todos os dias, sempre a partir das 20 horas. Além dos vídeos, “aulões” ao vivo serão realizados.

Para quem acha que a redação é o grande fantasma do vestibular, o projeto Fato Livre também vai dar uma mãozinha com aulas sobre a técnica de escrever.

Serão mais de 40 professores levando o melhor e mais atualizado conteúdo para quem está cursando o ensino médio.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Sò para ajudar no processo informativo, o Projeto Social Fato Livre tem por objetivo atender os alunos da Rede Pública Estadual que estão cursando o ENSINO MÈDIO e consequentemente se preparando para o ENEM. Observando que o Governo do Estado de Mato Grosso nada irá fazer para atender os alunos carentes da rede estadual de ensino e após a negação de apoio ao projeto social para atender estes estudantes, decidimos enfrentar sozinhos visto que nossa empresa é muito afetada economicamente pela Quarentena imposta pelo poder público, mesmo assim e com poucos recursos demos inicio ao projeto e esperamos ajuda para podermos dar conclusão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAmigos bebem mais de 160 cervejas em prostíbulo, não pagam e vão parar na delegacia
Próximo artigoHoras antes de acontecer, festa de casamento é suspensa pela Justiça em MT