Erros comuns que fazem as pessoas abandonarem seu site

Atendimento ruim e falta de ação de diálogo com o cliente são dois dos piores problemas

Em um momento no qual o volume de informação e a oferta de produtos é sempre alta, o cliente tem cada vez mais opções para adquirir um determinado produto. Com isso, as empresas precisam se esforçar cada vez mais para manter o cliente fiel e trabalhar firme para que ele não escolha outra corporação no momento em que desejar comprar algo.

Essa necessidade aumentou ainda mais a partir de 2020, quando muitos setores sucumbiram às dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus. Com as economias mundo afora sofrendo para se manter de pé e o consumo em queda, fidelizar aquele cliente que segue comprando é uma tarefa fundamental. Por isso, qualquer erro pode ser fatal para o seu negócio.

Além da necessidade de trazer para perto todos os clientes possíveis e dar fôlego à economia, a pandemia também mudou as relações de trabalho. Como se sabe, a necessidade de distanciamento social e a imposição do home office em alguns setores fez com que muitas empresas passassem a fazer uso do chatbot. A ferramenta tecnológica pode ser importante para quem quer inovar no atendimento ao cliente.

Em meio à pandemia e com funcionários trabalhando de casa, as empresas instituíram essa ferramenta para realizar atendimentos e serviços automatizados. A bem da verdade, o chatbot já era utilizado antes mesmo de o coronavírus surgir, mas durante a pandemia a prática também ganhou força. O que se percebe ao dialogar com empreendedores é que os chatbots vieram pra ficar.

Neste momento, essa é uma indústria que cresce assustadoramente. Empresas de tecnologia estão investindo maciçamente para que os chatbots possam desempenhar funções cada vez mais complexas. Engana-se quem acha que essa indústria será capaz de ficar apenas respondendo mensagens padrões em redes sociais ou mesmo nos sites das empresas, por exemplo com o chatbot whatsapp.

O objetivo é que essa plataforma possa ser ainda mais importante no relacionamento com o cliente. Em pleno século 21, o consumidor quer agilidade e eficácia no seu atendimento. Soma-se aí a necessidade do atendimento 24h por dia. O chatbot pode atuar com uma interação personalizada, disposta a identificar e ajudar o consumidor a resolver o seu problema de maneira eficaz.

Na indústria de entrega de comidas, por exemplo, os chatbots já são responsáveis por identificar os pedidos, responder mensagens padrões e interagir com os entregadores, sem que para isso um funcionário humano seja mobilizado. Tudo é feito a partir da programação criada anteriormente por uma empresa especializada em tecnologia.

Na área da saúde, os chatbots são projetados para fornecer aos pacientes informações personalizadas de saúde e terapia, produtos e serviços relacionados ao paciente, e oferecer diagnóstico e sugerir tratamentos com base nos sintomas do paciente. Tudo isso implementado por uma base de dados checada por especialistas constantemente.

Assim, os chatbots surgiram para diminuir a ocorrência de erros que afetam a credibilidade de empresas em seus sites. São erros que espantam os clientes e atrapalham seu negócio. Muitas vezes, a automatização é sinônimo de alta capacidade, sem a subjetividade humana, algo que pode atrapalhar e muito o seu negócio.

Recentemente, a conceituada revista Forbes destacou alguns erros que podem afastar o cliente da sua empresa. O primeiro erro é não saber identificar o gosto do cliente que acessa o seu site. Se aquele for um comprador antigo, então, o problema é maior ainda. Já existem plataformas capazes de monitorar o gosto do seu cliente, mostrando compras antigas e desejos recentes. Ter isso em mãos é uma ótima estratégia.

Outro erro comum é que as empresas não estão interessadas em ouvir o que seus clientes pensam. Abra espaço para que eles possam opinar sobre o seu negócio, com dicas e críticas. Isso cria um laço de confiança. Sem esse vínculo, o cliente pode se sentir excluído e procurar uma empresa que esteja aberta ao diálogo.

Essas dicas servem para que seu negócio cresça. Investir em tecnologia e prestar um bom atendimento são duas ações fundamentais nos dias de hoje. Abdicar dessas estratégias pode significar perder espaço no mercado. E ninguém pode se dar a esse luxo em um momento tão complicado da economia global.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós dois meses internado, Orlando Drummond recebe alta do hospital
Próximo artigoÉ tempo