Empréstimo consignado deve ficar favorável pelos próximos meses

Proposta aprovada no Congresso prevê carência de 120 dias para começar a pagar e aumento de percentual

(Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

As condições para empréstimo consignado devem ficar favoráveis até dezembro deste ano para grande parte da população. É que o Senado Federal aprovou a Medida Provisória (MP) 1.006/2020, que prevê aumento da margem do crédito consignável sobre o valor dos salários dos aposentados e pensionistas vinculados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), bem como a servidores públicos, militares e trabalhadores com carteira assinada (CLT), que passa de 35% para 40%. Agora, o texto segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A proposta significa um alívio para aqueles que se encontram em uma situação financeira delicada diante da pandemia da Covid-19. Entre as vantagens das novas regras do consignado, está a carência de 120 dias para começar a pagar o empréstimo e a suspensão dos mesmos. O aumento de percentual será válido até o dia 31 de dezembro.

Inicialmente, a medida proposta pelo governo previa a ampliação dessa margem apenas para os aposentados. Por decisão dos parlamentares, no entanto, o novo limite beneficiará também militares, pensionistas e servidores públicos, desde que 5% sejam destinados para amortizar empréstimos do cartão de crédito ou sacar dinheiro no caixa com as mesmas taxas do cartão.

A consultora da VGB Financeira, Viviane Bezerra, comemora a aprovação. Ela lembra que como a MP estava válida até 31/12/2020, na virada do ano todos ficaram com margem negativa impossibilitando novas contratações de empréstimos o que dificultou ainda mais a vida do aposentado e pensionista. A proposta visa beneficiar o público de modo geral, já que muitos aposentados passam por imprevistos, gastos extras e emergências, e o consignado surge como uma opção para aliviar o orçamento.

“A prorrogação da MP vai ajudar muito as pessoas e os aposentados que já tem ou que estejam precisando do empréstimo nesse momento” pontua Viviane, que atua há mais de 15 anos no setor em Cuiabá e todo Mato Grosso.

Conforme Viviane, é preciso atenção por parte dos interessados, que devem buscar uma instituição séria na hora de fazer o empréstimo, “O Golpe acontece” e cita que a VGB Financeira oferece todo esse suporte, com um modelo diferenciado, que vai desde o atendimento domiciliar, seja ele, na zona rural ou urbana, além de auxiliar desde a parte burocrática até a formalização do contrato.

Outro destaque é a possibilidade de suspensão de todas as operações de crédito consignado – tanto as já firmadas quanto as futuras – por 120 dias. Durante esse período, juros e encargos continuam a incidir. A decisão, no entanto, sobre a carência ficará a critério dos bancos.

Contudo, a consultora elenca que mesmo diante do cenário pandêmico, todas as medidas de biossegurança indicadas pelas autoridades de saúde estão sendo adotadas durante as visitas, protegendo assim a vida e a saúde de todos.

Bezerra ainda explica que na maioria dos casos o dinheiro é liberado em 2 dias ainda que o nome esteja negativado.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAdolescente é espancada por facção por dívida de droga de “ficante”
Próximo artigoMato Grosso receberá 55,6 mil doses da CoronaVac nesta quarta