DEM: cada um por si

Partido vai liberar filiados para apoiar quem preferirem na eleição suplementar ao Senado

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Presidente regional do DEM, Fábio Garcia, afirma que existe tendência do partido liberar seus filiados para apoiar quem quiserem na eleição suplementar ao Senado.

Depois de uma semana conturbada – após declarações do senador Jayme Campos e do governador Mauro Mendes, que demonstraram haver divergências no DEM -, Fábio considera que a liberação seja a medida mais sensata.

A saída deve ser referendada na convenção partidária a ser realizada na primeira quinzena de setembro.

Por ora, três correntes dividem o DEM: a da Família Campos, apoiando Nilson Leitão (PSDB); a de Mauro Mendes, que defende a candidatura de Carlos Fávaro (PSD); e a de Eduardo Botelho, que segue junto a Otaviano Pivetta (PDT).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher é morta em casa e companheiro é o principal suspeito
Próximo artigoTalento e força de vontade: cabeleireiro conta trajetória para o sucesso em Cuiabá