Cuiabá: obras no sistema viário mudam o trânsito na avenida República do Líbano

Os trabalhos estão causando engarrafamentos na região e Semob orienta motoristas a acessarem as rotas alternativas

(Foto: José Ferreira / Secom)

As obras no sistema viário na região da avenida República do Líbano, em Cuiabá, resultaram em mudanças no trânsito e os motoristas devem ficar atentos às rotas alternativas, orientadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). A Prefeitura ainda não divulgou o prazo que durará a intervenção no local.

Por conta do bloqueio da via, os condutores devem contornar a rotatória de acesso ao Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran) e ao Residencial Paiaguás – retornar e entrar à primeira à direita – seguindo para a Avenida Síria, que dá acesso à Avenida República Líbano.

Já na Avenida República Líbano, os condutores podem seguir em direção ao Centro Político Administrativo (CPA), pela direita, ou seguir para MT-251, rodovia Emanuel Pinheiro, ou MT-010, rodovia Arquiteto Hélder Cândia.

Na rotatória da avenida República do Líbano está prevista a criação de uma nova via (feita em pedra brita), ou seja, uma terceira pista temporária, destinada somente ao tráfego apenas de veículos de passeio.

Durante os horários de pico, por conta da maior circulação de veículos, os agentes da Semob estarão presentes para orientar os motoristas.

A obra

Conforme a Secretaria Municipal de Obras (SMOP), as obras realizadas são de requalificação da rede de drenagem de águas pluviais, que já encontra-se em fase de escavação do solo e implantação da pavimentação asfáltica. Mas não foi indicado um prazo de duração dos trabalhos.

“Estamos aqui atendendo uma reivindicação dos moradores, porém, são benfeitorias necessárias, que vão melhorar o trânsito e a vida de todos. Pedimos a compreensão da população neste período”, disse o secretário interino, Rauf Macedo.

LEIA TAMBÉM

(Com informações assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMendes pedirá licença do cargo para acompanhar esposa em tratamento de saúde
Próximo artigoMato Grosso sedia a 1ª Feira Brasileira de Sementes