Covid-19: Anvisa autoriza produção de vacina chinesa no Brasil

Com a decisão, o Instituto Butatan fica autorizado a comprar os insumos e iniciar a produção das doses

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, no fim dessa quarta-feira (28), em caráter excepcional a produção da CoronaVac. A vacina de origem chinesa contra a covid-19 que vinha sendo testada pelo instituto Butantan.

Com a decisão, o Instituto Butatan fica autorizado a comprar os insumos e a produzir a vacina.

Segundo o Instituto, os insumos usados na produção serão importados da empresa chinesa Sinovac, que mantém parceria com o instituto para desenvolvimento dela.

Durante os testes feitos no Brasil, a CoronaVac causou efeitos colaterais em 35% dos pacientes. Os sintomas provocados variam de dor no local da injeção até náuseas, diarreias e calafrios.

No dia 19 de outubro, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que a vacina contra o coronavírus não será obrigatória. O presidente agora deve decidir se ela será distribuída pelo SUS.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrograme-se: confira o que abre e fecha no feriado de Finados
Próximo artigoQuatro estados terão apoio da Força Nacional nas eleições e MT é um deles