Câmara aprova PL que regulamenta a vaquejada, rodeio e provas de laço

Agora os esportes ficam reconhecidos como patrimônio cultural brasileiro

Por 402 votos favoráveis e 34 contrários, o texto-base que regulamenta as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço foi aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (9).

O Projeto de Lei 8240/17 reconhece essas práticas esportivas como um bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro. Com isso, fica determinado uma normatização da prática por uma lei específica para os esportes, bem como regras que assegure o bem-estar dos animais envolvidos nas provas.

Com a aprovação, o rodeio, a vaquejada e o laço ficam reconhecidos como expressões esportivo-culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial, sendo atividades intrinsecamente ligadas à vida, à identidade, à ação e à memória de grupos formadores da sociedade brasileira.

Esse projeto voltou a ser discutido em âmbito nacional após o Ministério Público Estadual de Mato Grosso embargar as provas de laço que ocorreriam no durante a 7º Semana do Laço, em Cuiabá.

Pelas redes sociais, o deputado federal Nelson Barbudo (PSL), um dos maiores defensores do Esporte, comemorou a aprovação do PL. “Hoje foi só um broto que colhemos, fruto do incansável trabalho e suor, que há anos desempenhamos com respeito e amor aos equinos”, diz a publicação.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.