Bares e restaurantes: Abrasel quer que infratores tenham alvará suspenso

Empresários temem que comércios sejam fechados por conta da 3ª onda da covid

(Foto: Freepik)

A Associação Brasileira dos Bares e Restaurantes de Mato Grosso (Abrasel-MT) pediu a suspensão do alvará dos estabelecimentos que não cumprem as medidas de biossegurança previstas em decretos estadual e municipais.

O requerimento foi protocolado na Secretaria de Ordem Pública de Cuiabá e a presidente da associação, empresária Lorenna Teixeira, diz há diversos casos de donos de bares e restaurantes descumprindo nas normas para contenção do contágio pelo novo coronavírus. 

“De seis mil casas em Cuiabá, 20 ou 30 estão desrespeitando. Mas, o pior é que estão promovendo aglomeração, fazendo shows, sem limite de lotação, deixando as pessoas consumir bebida em pé, o que não pode. Existem folders, vídeos na internet sobre esses casos”, afirmou a empresária.

O pedido de punição para casos específicos apareça no momento em que surge o receio por um terceiro pico de incidência da covid-19 em Mato Grosso. Os segmentos de bares e restaurantes estão dentre os mais afetados pelos decretos de redução de horário. 

A proposta da Abrasel-MT  é que a prefeitura desenvolva, junto com os empresários associados, um trabalho de “tolerância zero” contra os estabelecimentos que “têm causado aglomerações de forma recorrente”.

(Informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnergia elétrica ficará mais cara em junho
Próximo artigoE se os animais parassem de se comunicar? Curta-metragem Ruídos alerta sobre esse fenômeno