“Ambulancioterapia”: Pinheiro teme que municípios sobrecarreguem novo PS

Prefeito de Cuiabá quer manter o valor do custeio, mas caso haja "avalanche" de pacientes, será difícil

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Para tentar evitar a vinda de uma “avalanche” de pacientes do interior para o novo Hospital e Pronto-socorro de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro tentará conversar com os gestores dos municípios em uma reunião que será organizada pela Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Durante uma vistoria à unidade, que terá a sexta e última etapa inaugurada na próxima segunda-feira (18), ele disse que a situação é preocupante, uma vez que, atualmente, cerca de 60% dos internados são de outras cidades e até mesmo de fora do país.

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, tentará conversar com gestores municipais para evitar transtornos no futuro (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Conforme o prefeito, não existe forma de se impedir a entrada dos pacientes, uma vez que a unidade faz parte do Sistema Único de Saúde (SUS), mas ele quer ao menos explicar como funcionam os protocolos de atendimento, bem como o papel das demais unidades, como as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs).

“Temos que nos precaver, uma vez que os prefeitos vão ver esta unidade nova, bonita e vão querer trazer tudo quanto é paciente para cá”.

Caso essa ocupação ocorra, Pinheiro teme não conseguir manter o valor previsto para custeio do PS. Atualmente, a antiga unidade consome R$ 12 milhões por mês e o gestor pretende manter o mesmo gasto no novo prédio.

Conforme Pinheiro, por enquanto esse recurso será todo proveniente dos cofres da Prefeitura. Contudo, ele lembra que existe a possibilidade de o Ministério da Saúde ajudar com parte do montante. Já o Governo do Estado ainda não sinalizou se irá contribuir com alguma coisa.

Inauguração

As unidades de Urgência e Emergência, Centro Cirúrgico, Central de Material e Esterilização, 10 UTI pediátrica e 10 coronarianas, bem como o heliponto do Novo Hospital e Pronto-socorro Municipal de Cuiabá serão inaugurados na próxima segunda-feira (18).

Atualmente, essas atividades estão sendo realizadas no antigo prédio do PS, que fica na Rua General Vale, no centro de Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInstituto do Algodão Social lança canal de podcast
Próximo artigoPrograma da Syngenta é destaque em evento sobre sustentabilidade