“Ambulancioterapia”: Pinheiro teme que municípios sobrecarreguem novo PS

Prefeito de Cuiabá quer manter o valor do custeio, mas caso haja "avalanche" de pacientes, será difícil

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Para tentar evitar a vinda de uma “avalanche” de pacientes do interior para o novo Hospital e Pronto-socorro de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro tentará conversar com os gestores dos municípios em uma reunião que será organizada pela Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Durante uma vistoria à unidade, que terá a sexta e última etapa inaugurada na próxima segunda-feira (18), ele disse que a situação é preocupante, uma vez que, atualmente, cerca de 60% dos internados são de outras cidades e até mesmo de fora do país.

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, tentará conversar com gestores municipais para evitar transtornos no futuro (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Conforme o prefeito, não existe forma de se impedir a entrada dos pacientes, uma vez que a unidade faz parte do Sistema Único de Saúde (SUS), mas ele quer ao menos explicar como funcionam os protocolos de atendimento, bem como o papel das demais unidades, como as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs).

“Temos que nos precaver, uma vez que os prefeitos vão ver esta unidade nova, bonita e vão querer trazer tudo quanto é paciente para cá”.

Caso essa ocupação ocorra, Pinheiro teme não conseguir manter o valor previsto para custeio do PS. Atualmente, a antiga unidade consome R$ 12 milhões por mês e o gestor pretende manter o mesmo gasto no novo prédio.

Conforme Pinheiro, por enquanto esse recurso será todo proveniente dos cofres da Prefeitura. Contudo, ele lembra que existe a possibilidade de o Ministério da Saúde ajudar com parte do montante. Já o Governo do Estado ainda não sinalizou se irá contribuir com alguma coisa.

Inauguração

As unidades de Urgência e Emergência, Centro Cirúrgico, Central de Material e Esterilização, 10 UTI pediátrica e 10 coronarianas, bem como o heliponto do Novo Hospital e Pronto-socorro Municipal de Cuiabá serão inaugurados na próxima segunda-feira (18).

Atualmente, essas atividades estão sendo realizadas no antigo prédio do PS, que fica na Rua General Vale, no centro de Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS