Adolescente é estuprado pelo primo de 45 anos em festa de Natal

Suspeito ainda foi acusado de abusar de outro adolescente, oferecendo um celular em troca

Imagem ilustrativa/Pixabay

Um adolescente de 14 anos foi estuprado pelo primo de 45 anos nessa sexta-feira (25), dia de Natal, ao ser deixado pela mãe com o primo em um clube em que passa o Rio dos Peixes, em Cuiabá, onde havia acontecido a ceia de Natal da família.

Segundo a mãe do adolescente, ela ficou no clube até 2 horas da madrugada e, quando estava indo embora, seu primo pediu para ela deixar o filho com ele e alguns amigos.

Como o pedido partiu do primo mais velho, ela deixou o adolescente ficar. Mais tarde, porém, uma amiga dela contou que seu filho havia sido estuprado pelo primo.

A mãe, então, conversou com o filho, que começou a chorar e confirmou ter sido vítima do abuso sexual.

O adolescente contou que o primo pediu para ele ir até o carro dele e, no veículo, fechou a porta e disse: “Agora podemos começar”.

Depois da frase, o adulto começou os abusos contra o adolescente, obrigando-o a tocá-lo até ejacular.

Ele ainda tentou penetrar a vítima, mas não conseguiu porque um amigo dele se aproximou do carro e o suspeito saiu correndo. Com medo, o adolescente não gritou.

O acusado também chamou o amigo do adolescente, de 15 anos, para fazer sexo com ele, chegando a oferecer um celular para o garoto, mas o menino negou. Ele ameaçou o adolescente dizendo que se ele contasse da proposta a alguém, iria se ver com ele.

O suspeito ainda ficou falando e gesticulando sobre sexo para todos os adolescentes presentes, sendo que no local havia ainda uma menina de 12 anos. Ele chegou a convidar os adolescentes para tomar banho pelados.

A mãe do adolescente estuprado procurou a polícia e denunciou o primo. O caso foi registrado como estupro.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCaso Isabele, pedinte humilhado, jovem que “ressuscitou”; relembre os casos mais chocantes de 2020
Próximo artigoAdolescente de 16 anos morre afogado em rio de MT