Ações do Gefron no fim de semana causam prejuízo de R$ 1,5 milhão a criminosos

Ocorrências incluem apreensão de 60 kg de drogas, prisão de 10 suspeitos e nove veículos recuperados

Gefron apreende 60 kg de drogas - Foto por: Gefron

Aproximadamente 60 kg de drogas foram apreendidos pelo Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), no município de Porto Esperidião (325 km ao Oeste de Cuiabá). O entorpecente foi encontrado no pneu e em um estepe de uma caminhonete que era transportada por um caminhão. O fato ocorreu no final da tarde de sexta-feira (16), e resultou em uma pessoa presa.

O final de semana teve ainda outras ocorrências em que veículos foram recuperados e suspeitos presos. Ao todo, foram 10 suspeitos presos e nove veículos recuperados, que totalizaram prejuízo ao crime estimado em R$ 1,5 milhão.

Drogas

Durante operação Hórus/VIGIA, uma equipe do Gefron avistou um caminhão Mercedes Benz parado às margens da estrada, com dois pneus estourados, e em sua prancha transportava uma caminhonete Chevrolet C-10. O motorista informou que estava fazendo um frete e que havia saído da comunidade Santa Rita, em Porto Esperidião, e teria como destino a cidade de Pontes e Lacerda (450 km ao Oeste da Capital).

O caminhão foi conduzido até a base operacional do Gefron para realização de revista veicular. Os policiais encontraram vários invólucros em um dos pneus da caminhonete Chevrolet C-10, e no estepe do caminhão Mercedes Benz localizaram outra quantia de drogas. No total, foram 58 invólucros de entorpecentes, sendo 48 de pasta base e 10 de cocaína, totalizando 60,05 kg.

Diante dos fatos, o suspeito, os entorpecentes e os veículos foram encaminhados para a Polícia Federal da cidade de Cáceres, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi estimado em R$ 1 milhão.

Veículos recuperados

Dando continuidade ao final de semana, o Gefron recuperou dois veículos (Fiat Toro e Fiat Strada) que seriam levados para a Bolívia e prendeu quatro suspeitos.

Nesse domingo (18), por volta de 12 horas, equipes policiais visualizaram duas caminhonetes em alta velocidade. Ambos não acataram os sinais luminosos e sonoros, e tentaram fugir. Foi realizado cerco policial e, após alguns quilômetros, foi possível realizar a abordagem.

A checagem via base do Gefron constatou que o veículo Fiat Toro é de propriedade da empresa Localiza Rent a Car. De acordo com informações do suspeito, ele teria apanhado o veículo nas proximidades do município de Porto Esperidião e o levaria até a Bolívia pela quantia de R$ 4.700,00.

Já o condutor do Fiat Strada receberia o valor de R$ 1.000,00, para “bater estrada” (checar se há policiamento) e mostrar o caminho até a propriedade onde seria entregue o veículo Fiat Toro.

Diante disto, os veículos e os quatro suspeitos (sendo dois passageiros) foram conduzidos para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi calculado em R$ 138 mil.

Fiat Toro e Fiat Strada que seriam levadas para a Bolívia (Foto: Gefron)

Pontes e Lacerda

Também no domingo, de madrugada, uma pessoa foi presa e dois veículos recuperados, na cidade de Pontes e Lacerda. Uma equipe do Gefron abordou uma Toyota Hilux e um Honda Civic, na rodovia MT-473. Um dos condutores conseguiu fugir pela mata e não foi localizado. Em conversa com o outro condutor, ele relatou que levaria o veículo até a Vila Triunfo e que receberia R$ 1.000,00 por isso.

Ao checar os veículos via base do Gefron e entrar em contato com a vítima, foi relatado o roubo dos referidos veículos que, inclusive, teria ocorrido mediante sequestro e cárcere privado.

Diante disso, os veículos e o condutor foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), na cidade de Pontes e Lacerda, para as devidas providências. Foi calculado um prejuízo ao crime no valor de R$ 245 mil.

Hilux e Honda Civic recuperadas (Foto: Gefron)

Receptação

Outra ocorrência resultou no encaminhamento de duas pessoas para a Defron, no sábado (17), por receptação.

Uma equipe do Gefron abordou um veículo Renault Sandero, na estrada MT-265, próximo ao assentamento Tatu. Em conversa com o condutor, ele relatou que levaria o veículo até a Bolívia, juntamente com o outro ocupante, e que receberiam uma quantia de R$ 1.500,00.

Ao checar o veículo via base do Gefron, constou um Boletim de Ocorrência de estelionato na cidade de Brasília (DF). O veículo e os ocupantes foram encaminhados para a Defron. Foi estimado prejuízo ao crime no valor de R$ 32 mil.

Renault Sandero apreendido (Foto: Gefron)

 

O Gefron também localizou um veículo Chevrolet S-10, na rodovia MT-265, no local conhecido como Baía Bela, em Porto Esperidião, no dia 17. Os policiais avistaram o carro às margens da via e, ao realizar a busca veicular, foram verificados sinais de adulteração. Na checagem, constou um Boletim de Ocorrência de roubo na cidade de Cuiabá.

O suspeito não foi localizado. Diante do fato, o veículo foi guinchado e encaminhado para a Defron. O prejuízo ao crime totalizou R$ 85 mil.

Ação conjunta

Também no sábado (17), ação conjunta entre o Gefron, 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Forças Táticas do 6º Comando Regional e do 2º Comando Regional da PM-MT, 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 17º (BPM) resultou na prisão de dois suspeitos bolivianos.

Os policiais abordaram, na barreira do Posto do Limão, em Cáceres (220 km ao Oeste de Cuiabá), um veículo Renault/Logan, que trafegava sentido Bolívia, conduzido por dois bolivianos. Na checagem via base do Gefron, foi constatado Boletim de Ocorrência de estelionato, registrado em Brasília (DF).

Diante dos fatos, o veículo e os suspeitos foram encaminhados para a Defron, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi estimado em R$ 43 mil.

Renault Logan recuperado (Foto: Gefron)

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais de meia tonelada de armadilhas para peixe são retiradas do Rio Cuiabá
Próximo artigoMT já tem mais vacinados do que infectados com covid-19