Weintraub: “A gente está lidando com bandidos no Brasil”

O ex-ministro da Educação garantiu não se arrepender das críticas feitas aos ministros do Supremo Tribunal Federal

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O ex-ministro da Educação e atual dirigente do Banco Mundial, Abraham Weintraub, afirmou não se arrepender das críticas que fez ao Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com ele, todas as críticas aos ministros são devidamente fundamentadas.

Em entrevista ao programa Opinião no Ar, da RedeTV!, exibido nesta sexta-feira (11), Weintraub falou sobre seu tempo no governo Bolsonaro, sua atual vida nos Estados Unidos e muito mais.

Ao falar sobre as polêmicas críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal, o ex-ministro falou que não leva arrependimentos, mas lamenta ter colocado a segurança de sua família em risco.

“Não me arrependo. O que me arrependo é de ter colocado a vida dos meus filhos em risco. Tem no YouTube, dá para ver quando cercaram meus filhos e minha esposa em Santarém. Estão documentados, filmados e gravados vários ataques. Eles vieram para cima de mim”, afirmou Weintraub.

Ainda na fala, Weintraub classificou com os ministros como “pessoas sem escrúpulos” e perigosas.

“A gente está lidando com bandidos no Brasil, com criminosos. Pessoas sem escrúpulos”, continuou o ministro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá ganha novo sistema de esgoto
Próximo artigoRobert Pattinson pode ser vampiro novamente em remake do clássico “Nosferatu”