“Vou dar o melhor de mim”, diz Laís Yasmin sobre semifinal do The Voice Brasil

A cantora que morou até os 8 anos no Araés, conta também que não dispensa pacu frito e farofa de banana

Lais Yasmin The Voice

Nesta terça-feira (25), em Cuiabá, uma legião de fãs e a família de Laís Yasmin estarão com a atenção inteiramente voltada à televisão. Avô, avó, irmãos, sobrinhos, tios e primos que vivem em Cuiabá estão em alerta para participar ativamente, não só na torcida, como também, ao votar freneticamente pela vitória da cuiabana que vai disputar a semifinal com o parceiro do time Michel Teló, Léo Pain.

Laís Yasmin aconselha os fãs: “pegue seu laptop, o seu computador, o seu tablet e o seu celular. Daí você deixa tudo na sua frente e pode votar quantas vezes você quiser, do início ao fim, durante a minha música e do Léo Pain. Vote, vote, vote. Dá para votar várias vezes”, se anima.

Mas antes, é preciso se cadastrar para poder votar (clique aqui). “Vou dar o melhor de mim”, disse.

A cantora cuiabana disputa semifinal com Léo Pain

A moça, que canta sempre clássicos da música romântica e sertaneja, diz que ao certo o público vai curtir a música que ela vai cantar na semifinal, porém, não pode contar qual é. “Não posso, é surpresa. O coração está a mil, mas com muita gratidão por ter chegado até aqui”.

“E sobre as músicas, sim, podem chamar de sofrência (risos)! Gosto de cantar músicas que me arrepiam e que tenham letras significativas”. Em cada uma das fases, a escolha do repertório foi pontual e realçou a afinação da cantora. O técnico, Michel Teló sempre rasgou seda para seu talento. “A sensibilidade dele é incrível, o bacana é que ele entende o estilo musical de cada um e sempre sugere algo muito certeiro”, avalia.

[related_news ids=”98559,98158,97185,94296″][/related_news]

A cantora cuiabana morou até os oito anos no bairro Araés. “Depois, vim para São Paulo para me dedicar à música e à carreira. Mas sempre dou um jeito de ir uma ou duas vezes por ano ver a a família”.

E quando chega por aqui ela não pode deixar de comer um prato típico ou de visitar um cartão postal mato-grossense: “Amo pacu frito com farofa de banana. Lugar é o Morro dos Ventos, em Chapada”.

Chegar até aqui já é um grande feito. “Esse prêmio representa muito, pois eu já estava para desistir da carreira. Tinha acabado de me formar em Direito. Foi quando decidi me inscrever no The Voice”. Depois de quatro meses recebeu um e-mail avisando sobre a primeira audição; “Eu mal pude acreditar. Deus não me deixou desistir e meu coração explodiu de alegria”.

Falando em momentos felizes, a cantora casou-se no dia 7 de setembro e a lua-de-mel está em standby. “Não deu tempo mesmo (risos). O marido, o publicitário Milton Neves Netto, filho do apresentador Milton Neves, a acompanha na temporada carioca. “Vamos pensar nisso só depois, mas está sendo muito divertido para ambos”.

Em entrevista à atriz Mariana Rios, que integra a equipe do The Voice, ela contou que cantou nada menos que 17 vezes durante o casamento. Mariana, brincou: “Mas e que horas você foi a noiva?”. “Entrei cantando, saí cantando, fui para a festa e cantei. Todo mundo que cantava ia me chamando, mas foi maravilhoso”, contou Laís.

Da semifinal da sétima temporada do The Voice Brasil, além de Léo Pain, de seu time, participam também, Murilo Bispo, Erica Natuza, Priscila Tossan, Edson Carlos, Isa Guerra e Kevin Ndjana.

Semifinalistas da sétima temporada do ‘The Voice Brasil’ (Foto: Gabriela Mouta/Gshow)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLanche com recheio de coração de galinha? Chega a Cuiabá o tradicional Xis do Gaúcho
Próximo artigoTeto de banheiro da Arena Pantanal despenca e governo diz que obra não foi entregue