Venda de imóveis cresce 47% no primeiro trimestre em Cuiabá

Setor movimentou R$ 963 milhões até março deste ano, principalmente com a negociação de casas usadas nas regiões Leste e Oeste

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O mercado imobiliário movimentou R$ 963 milhões no primeiro trimestre do ano e cresceu 47% em comparação com 2020. É o melhor saldo, para o período, na série histórica iniciada em 2015. A movimentação trimestral ficou R$ 303 milhões maior. 

“Com a taxa reduzida, existe uma certa facilidade na aquisição de imóveis, por exemplo, pois permite financiamentos mais acessíveis para a população”, disse o vice-presidente administrativo do Sindicato da Habitação (Secovi-MT), Guido Grande Júnior. 

O balanço divulgado nessa sexta-feira (14) pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismos de Mato Grosso (Fecomércio-MT) mostra que o valor financiado saltou de R$ 136 milhões no para R$ 225 milhões, aumento de 65,6% entre janeiro março.  

Já o percentual financiado passou de 20,7% para 23,4%.  

Para o número de imóveis negociados o crescimento foi de 48,4% de 2020 para 2021, chegando a 2.782. A quantia é inferior somente ao primeiro ano de realização da pesquisa, quando foram comercializadas 2.816 unidades. 

Guido disse acreditar que o bom desempenho do mercado imobiliário deva continuar até o final do ano. Segundo, as instituições bancárias disseram que não irão aumentar os juros de financiamento, mesmo com o aumento já observado da Selic.  

A pesquisa mostra que o maior número de imóveis comercializados é usado, com 2.474, contra 308 novos. As regiões mais procuradas são a leste e a oeste. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmanuel Pinheiro libera horário do comércio em Cuiabá; servidores voltam ao presencial
Próximo artigoEstamos mais vulneráveis: risco cibernético cresce 10 vezes no país