Vacina nos professores

Governo de Mato Grosso diz que vai vacinar todos. O problema é descobrir quando

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O retorno das aulas presenciais na rede estadual de ensino em Mato Grosso tem data para acontecer e o governo do Estado sustenta que vai atender o pedidos dos profissionais da Educação de vaciná-los. O problema é que ninguém, nem o próprio governo, sabe quando.

Os professores vão entrar na lista depois que os profissionais da Segurança Pública estiverem todos imunizados. Até agora, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), cerca de 81% deles tomaram a primeira dose e quase 19% receberam a segunda.

Mas conforme a SES, é impossível prever quando todos estarão imunizados. Isso porque a vacina é aplicada pelos municípios e não pelo governo do Estado.

E as categorias ainda têm que lidar com a falta de vacinas. Segundo a Secretaria de Seguraça Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), faltavam 6 mil doses para concluir a imunização dos profissionais. A SES havia solicitado para o Ministério da Saúde, mas (de novo) ninguém sabia dizer quando elas chegariam.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConcurso da Polícia Federal 2021 é neste domingo; confira seu local de prova
Próximo artigoDólar em alta: como está a vida de quem vende importados?