UFMT entrega Planos Municipais de Saneamento Básico para 109 municípios

Representantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Governo do Estado de Mato Grosso, Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e de dezenas de municípios mato-grossenses estiveram reunidos no Teatro Universitário da UFMT, na tarde desta terça-feira (27), para a cerimônia de entrega dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB) para 109 municípios com até 50 mil habitantes, rendendo a Mato Grosso o título de único estado do Brasil com 100% dos seus municípios com um instrumento de planejamento dos PMSBs.

Na oportunidade, a reitora da UFMT, professora Myrian Serra, destacou a missão da UFMT em contribuir para a resolução de problemas reais no estado e como isso pode ser alcançado por meio dessas parcerias. “É um projeto importante para a saúde, a segurança, a educação, para a área ambiental e a UFMT está muito orgulhosa em poder contribuir de mais essa forma para o nosso estado”, afirmou.

Para o superintendente estadual da Funasa, Francisco Holanildo da Silva Lima, a grande dificuldade na área de saneamento básico é a falta de planejamento, então esses planos contribuirão efetivamente para a mudança do cenário atual do saneamento em Mato Grosso. “O próximo passo é a implementação disso, momento em que precisaremos de recursos do governo federal e estadual para apoiar efetivamente os municípios”, disse.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, observou que o estado conta com municípios muito pequenos e distantes um do outro, que sofrem dificuldades financeiras de todos os tipos, por isso a importância do PMSB. “Com esses instrumentos, desenvolvidos em cima de estudos técnicos, os municípios podem montar seus projetos, seus programas e prospectar recursos para que num futuro não muito distante possam ter em suas cidades esse saneamento básico. Isso significa saúde, cidadania, qualidade de vida e mais”, apontou.

O PMSB foi desenvolvido com o objetivo de solucionar questões de universalização da água potável, destinação correta dos resíduos sólidos e do esgoto sanitário e drenagem de água da chuva para os municípios participantes. Durante o evento, a reitora da UFMT e o secretário do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso, André Luis Torres Baby, fizeram a entrega simbólica do PMSB para a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira.

Também estiveram presentes e compuseram o dispositivo de honra a ex-reitora da UFMT, professora Maria Lúcia Cavalli Neder, o diretor geral da Fundação Uniselva, professor Cristiano Maciel, o procurador de Justiça em Mato Grosso, Luiz Alberto Esteves Scaloppe, o diretor do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), José Alexandre Schultz e a equipe de coordenadores do PMSB, professores Eliana Rondon, Paulo Modesto Filho e Rubem Mauro.

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPor suposta fraude, obras do Ganha Tempo podem ficar sem financiamento
Próximo artigoEm Cuiabá, OAB faz ciclo de palestras sobre direito condominial