Três pessoas têm os documentos clonados em Sinop

As vítimas demoraram para descobrir que suas informações pessoais estavam sendo utilizadas indevidamente

(Foto: Reprodução)

Um homem de 29 anos, morador de Sinop (500 km de Cuiabá), disse ter sido vítima de um estelionatário que está usando seu CPF para efetuar compras, em diversas cidades e estados. O jovem suspeita que seus documentos foram clonados.

Conforme o boletim de ocorrência (B.O), registrado nesta segunda-feira (11), o ato criminoso vem acontecendo desde março, mas somente agora, através de uma cobrança realizada por uma empresa de Cuiabá ele descobriu o estelionato.

Outro caso registrado na Delegacia de Sinop, nesta segunda, foi o de uma senhora de 70 anos, que ao ligar em uma operadora telefônica para contratar os serviços da mesma, descobriu que já havia um contrato em seu nome, inclusive com dívidas em aberto.

A operadora passou todos os dados que foram utilizados para a contratação, inclusive o endereço, localizado em Cuiabá, em seguida orientou a senhora a registrar um B.O.

Já na parte da tarde, deste mesmo dia, outro morador de Sinop, de 26 anos, registrou um B.O após ter sido intimado a comparecer na Delegacia de Várzea Grande para prestar esclarecimentos referente a ameaças que supostamente teria feito a duas mulheres. O jovem alega desconhecer o fato, e suspeita que alguém de má-fé está usando seus dados para fazer ameaças e extorsões de terceiros. Os casos estão sendo investigados pela polícia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistério Publico de Contas abre investigação sobre licitação de maquinários
Próximo artigoEstudantes do Fies terão até 18 meses para quitar dívida com escolas