TRE-MT acata decreto legislativo para o plesbicito do VLT em Cuiabá

Demanda da Prefeitura e da Câmara de Cuiabá passará por procedimentos internos antes de chegar ao plenário para decisão

Ednilson Aguiar/ O Livre

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) instaurou processo para analisar a realização de plesbicito para a escolha de modais em Cuiabá e Várzea Grande. O tribunal acatou nessa sexta-feira (18) o decreto legislativo aprovado pela Câmara dos Vereadores no fim de maio. 

O decreto foi votado e aprovado por articulação do prefeito Emanuel Pinheiro, que busca travar o andamento para a implantação do BRT (Bus Rapid Transit) escolhido pelo governo do Estado. O prefeito defende a conclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). 

O TRE-MT não aprovou de imediato a consulta. A primeira etapa será tramitação interna do decreto. O assunto passará pela instrução necessária e ao final será submetido ao plenário, que pode aprovar ou não a demanda. 

Ainda não há informação de quanto poderá custar a consulta, nem como ela deverá ser realizada. O plesbicito está sendo articulado pelo aspecto político da polêmica entre VLT e BRT. 

A intenção do prefeito Emanuel Pinheiro e dos vereadores é que a consulta seja realizada antes do lançamento edital pelo governo de Mato Grosso para BRT. A estimativa é que ocorra até o fim de julho. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP aciona e Justiça proíbe realização de eventos em cidade de MT
Próximo artigoPolícia Militar encerra festa com cerca de 50 pessoas e dá multas de mais de R$ 10 mil