Trânsito nas pistas internas da trincheira Jurumirim é liberado

Estrutura passou por reforma para reparar problemas de infiltração e falta de concretagem

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O tráfego na trincheira José Borges Garcia (Jurumirim), na avenida Miguel Sutil, foi liberado na manhã desta sexta-feira (28). O governo inaugurou a reforma da obra, que tinha problemas de infraestrutura herdados da execução para a Copa do Mundo de 2014. 

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) diz que a trincheira tinha problemas precoces como infiltrações nas paredes da trincheira e defeitos no pavimento da parte interna, obstrução no sistema de drenagem e falha de concretagem nas paredes.  

A reforma custou R$ 10,5 milhões e levou sete meses. 

“Foi um trabalho de mudanças estruturais, a empresa responsável pela execução original não quis assinar um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), então tivemos que chamar uma nova licitação, e acabou que ao longo dos trabalhos foram encontrados outros problemas por isso demorou mais a entrega”, disse o governador Mauro Mendes. 

A Sinfra ainda deve fazer correções na pista de cima da trincheira que devem custar cerca de R$ 3,7 milhões. A intervenção depende de novo pedido de fechamento da parte superior a ser autorizada pela Secretaria de Obras de Cuiabá. 

O início da execução do projeto original para Trincheira Jurumirim completa 10 anos em 2022. Os trabalhos começaram em março de 2012, como parte do pacote de obras para a Copa Mundo 2014. 

O orçamento inicial era de R$ 33,3 milhões, mas quando a execução foi paralisada em julho de 2014, preço havia subido para R$ 50,5 milhões, com 98% do projeto finalizado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasal é preso por matar pedreiro, esconder corpo e apropriar da casa dele
Próximo artigoReunião pró-campanha