Tempestade desabriga 50 famílias e derruba cabeceira de ponte em Diamantino

Enxurrada cobriu as ruas de cinco bairros mais atingidos e nível d'água dentro de casa chegou a 2 metros de altura

Cerca de 50 famílias estão desabrigadas em Diamantino (200 km de Cuiabá) após uma tempestade alagar suas casas na madrugada desta quinta-feira (17). O prefeito Manoel Loureiro Neto (MDB) decretou situação de emergência. 

As fortes chuvas abriram buracos em pistas e submergiu uma ponte. Em algumas casas, o nível d’água atingiu dois metros de altura.

Conforme a Secretaria de Infraestrutura do município, cinco bairros foram mais atingidos e, em um deles, a cabeira de uma ponte a caminho da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) caiu. 

Em outra, uma escola de ensino fundamental ficou totalmente alagada. Além disso, estradas de chão ficaram intransitáveis e algumas famílias estão isoladas.

Vídeos que circulam pela internet mostram enxurradas arrastando coisas pelas ruas de Diamantino. 

Não há informação, até o momento, sobre mortos ou desaparecidos.

A prefeitura informou que a Defesa Civil analisa os pontos mais atingidos pela tempestade e em situação considerada arriscada para evitar deslizamento de terra ou rompimento de barragem. 

Também houve chuva forte, no começo da manhã de hoje, em Sinop (505 km de Cuiabá). Conforme o site Só Notícias, ruas ficaram alagadas e carros de passeio não conseguiam passar. Um veículo do Corpo de Bombeiros caiu uma vala em rua coberta por água. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro diz que ministros do STF agem como adolescentes
Próximo artigoMinistro da saúde visita áreas atingidas pela chuva em Petrópolis