Teatro caboclo: Amauri Tangará volta à cena com “Cafundó”, clássico de seu repertório

"Cafundó é a brasilidade do teatro caboclo, na cor, no gosto, no cheiro e no gesto", descreve Amauri

Nesta sexta-feira (20), o cineasta que também é ator de teatro e cinema, Amauri Tangará, volta à cena com um clássico de seu repertório, “Cafundó – Onde o vento faz a curva”. Vai ser às 19h, no Cine Teatro Cuiabá e toda renda da bilheteria será revertida em apoio a mulheres do MST. A entrada inteira sai por R$ 30,00 e a meia, por R$ 15,00.

Tendo circulado não só por várias cidades do interior do Estado, como teatros do Brasil e de vários países da América, África e Europa, essa é uma boa oportunidade para a plateia cuiabana ver o monólogo que tem direção de Tati Mendes.

Ao descrever o espetáculo, Amauri diz que é “poético, alegre, vibrante e inesquecível”. E ainda, está em cartaz há 30 anos.

“Cafundó é a brasilidade do teatro caboclo, na cor, no gosto, no cheiro e no gesto. Cortante como o trem do Pantanal, gostoso como licor de pequi, simples como cigarro de palha”, descreve.

Com apresentação exclusivamente idealizada para apoiar mulheres do MST que vão ao I Encontro Nacional, que será realizado em novembro, em Brasília, nas palavras de Tati e Amauri: “transformou-se em um tijolo para a resistência”.

Informações: 98109-4569 ou 98124-5543

Leia também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.