Suspeito aponta arma para a PM durante abordagem, é alvejado e acaba morto

O comparsa dele atirou contra os militares, mas conseguiu fugir

Um homem de 32 anos, identificado como Thiago de Campos Alves, morreu na noite dessa quinta-feira (26) após resistir a uma abordagem da Polícia Militar em uma casa no Bairro Jardim Panorama, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), apontar uma arma para os policiais e acabar alvejado.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 22h30, a PM recebeu informações de que dois suspeitos com tornozeleira eletrônica estava atirando na Rua do Rosário, no Bairro Jardim Panaroma, e uma equipe da Força Tática foi encaminhada ao local.

Após realizar rondas pelo bairro, os policiais encontraram um VW Gol quadrado verde estacionado na rua em frente à residência que havia sido citada na denúncia e resolveu checar o local.

Próximo à casa havia um homem que, ao perceber que a polícia estava se aproximando, entrou na casa por uma porta lateral. Os policiais, então, cercaram a casa e viram que o suspeito, Thiago, estava com a arma na mão, apontando para a equipe.

Os militares reagiram atirando, antes que o suspeito atirasse primeiro.

Ao mesmo tempo, os policiais ouviram barulhos nos fundos da casa e viram um segundo suspeito fugindo. Ele atirou em direção aos policiais que haviam ficado do lado de fora da casa e conseguiu fugir por uma região de mata.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer o suspeito alvejado, mas, devido ao estado em que se encontrava, ele mesmo pediu que os policiais o levassem para o Pronto-Socorro de Várzea Grande de viatura.

Como o tempo que o Samu demoraria para chegar era longo, os militares resolveram socorrer o suspeito Thiago e o levaram para o PSVG. Ele chegou no hospital com vida, mas antes mesmo do registro do boletim de ocorrência a equipe foi informada de que ele não resistiu e morreu na unidade médica.

Thiago tinha passagem por roubo, porte ilegal de arma de fogo e dirigir sem habilitação. Com ele foi apreendida uma pistola calibre 40 com quatro munições intactas.

O caso foi registrado como porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, resistência e morte por intervenção de agente do Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher é estuprada em matagal próximo de sua casa em Cuiabá
Próximo artigoMulher desaparece após sair com ex-marido e é encontrada morta