Sísmico, documentário sobre teoria que visa prever terremotos, será lançado nesta terça

Sessão dedicada às produções do cineasta Severino Neto exibirá ainda o premiado curta-metragem Juba no Cine Teatro Cuiabá

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A sessão do Encontros com Cinema desta terça-feira (10) se volta para duas importantes produções de um expoente do cinema mato-grossense, o diretor e roteirista Severino Neto. O curta-metragem Juba e o documentário longa-metragem Sísmico. À propósito, este último narra a trajetória do colunista do LIVRE, Aroldo Maciel, e suas polêmicas e certeiras previsões de terremotos, que ganharam fama mundial.

As exibições começam às 19h30, com entrada simbólica de R$ 4 e R $2 (meia entrada), no Cine Teatro Cuiabá.

Especialista em Estatística e Previsão de Terremotos, Aroldo tornou-se uma celebridade internacional ao prever ao menos oito dos doze últimos grandes terremotos do planeta. Em Sísmico, a equipe de Neto acompanha a repercussão das teorias e da personalidade de Aroldo e um dos países a hashtag #aroldosabe entrou para os “trending topics” do Twitter.

“Era para ser um curta-metragem de início. Mas com apoio das redes sociais chegamos até o norte do Chile juntando depoimentos e o diretor foi vendo que aquilo era algo além da previsão dos terremotos e ganhou o tamanho que ganhou”, conta Aroldo Maciel.

“É incrível como ele é recebido, as pessoas param ele na rua para tirar fotos. Isso desde Santiago até o interior do país. É um alvoroço danado, uns contra outros a favor. Mas a média de assertividade dele chega a 90%. Mas ele não quer nem que as pessoas acreditem no método, mas que ele seja estudado”, ressalta Severino Neto.

Juba, documentário que será lançado na mesma ocasião (Foto: Divulgação)

Filmado para TV, Sísmico tem contrato fechado com a Elo Company, uma grande distribuidora nacional, que concorreu ao Oscar com o filme O Menino e o Mundo. Está sendo distribuído pra VODs e TV’s na América Latina. “Mas ele ainda não foi exibido em lugar nenhum, será a primeira vez aqui em Cuiabá”, conta o diretor.

Juba, por sua vez, está completando um ano e já é destaque no circuito festivais, entrando em mais de 20 nacionais e internacionais, premiado em muitos deles. A ficção que integra o projeto Box de Curtas, chama atenção pela fotografia e narra dilemas de uma jovem que ganha dinheiro fazendo malabares nas ruas de Cuiabá. “Um filme simples, de baixo orçamento, que está representando bem a nossa terra”, ressalta Neto.

O diretor

Severino Neto é o conterrâneo dezenas de prêmios com seus curtas-metragens. Seu primeiro longa de ficção, “A Batalha de Shangri-Lá”, está em processo de pós-produção e seu segundo roteiro de longa-metragem de ficção, “Memória de Elefante”, foi contemplado no edital de produção Ancine/FSA 2018.

Atualmente, já desenvolve o roteiro do terceiro longa de ficção, “Pedra Canga”, da série documental sobre trabalho escravo, “Invisíveis”, e da série ficcional, “Lendário”. O realizador estará presente na sessão para conversa com os participantes.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Este documental se basa en el engaño masivo que Aroldo Maciel y el canal de TV La Red han sometido a sus audiencias.
    En revisiones imparciales hemos demostrado que el nivel de aciertos de Aroldo Maciel no supera el 3% en general.
    En los últimos 10 meses ha hecho cientos de pronósticos para Chile y otros países sin acertar ninguno.
    Este documental se basa principalmente en una de sus más grandes mentiras. Afirma haber acertado al terremoto de 8.4 en septiembre del 2015 en Chile y en realidad este evento fue descartado por Aroldo Maciel, dos veces en Agosto de 2015 y el 12/09/2015 publicó en su canal de Instagram que todo pronóstico de terremoto en Chile era una falsa alarma.

    Gracias O’livre por publicar mi comentario.

  2. La tasa de aciertos del gordito es del 3%, y eso siendo buenos con el porque terremotos fuertes que no vaticina no se le tienen en cuenta.
    De los ultimos terremotos fuertes, no ha vaticinado ni uno. El de Mexico lo vaticino Salfate, fuera de plazo, con magnitud diferente y despues de haber estado tres meses seguidos mencionando los mismos lugares: tooooooooda Centroamerica.
    El gordito robo la teoria a un nipon, quien la habia desechado porque solo un 30% de sismos se pueden considerar relacionados.
    En los 9 ultimos meses el gordito no ha acertado ni uno.
    Al gordito le hacen caso porque hasta hace poco fue un personaje mediatico, y a la gente que sale en la tele, aunque sea como simple agorero, el populacho le presta atencion. .
    En ninguna parte de Europa conocen al gordito. Incluso estaria prohibido por ley.
    Recogeremos firmas para que no echen la peli en Chile. Aunque somos el pais mas sismico del mundo, incluso por encima de Japon, aunque con mucha mejor suerte, aun estamos muy necesitados de educacion sismica. Las mentiras de ese seudo documental, sobran.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFeira de flores reverterá renda para associação beneficente
Próximo artigoAcrimat participa da abertura da AgroMT e oferece palestra técnica