Rodrigo Pacheco rejeita abertura de impeachment contra Alexandre de Moraes

O pedido contraria a vontade do presidente Jair Bolsonaro, que é autor do pedido de impeachment do ministro

Fabio Rodrigures Pozzebom / Agência Brasil

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), rejeitou nessa quarta-feira (25) o pedido de impeachment -elaborado pelo presidente Jair Bolsonaro – contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. O ministro é acusado de perseguir apoiadores do governo e violar a Constituição.

De acordo com o senador, a denúncia foi rejeitada por “falta de justa causa” contra o ministro do Supremo Tribunal Federal.

“Determinei a rejeição da denúncia por falta de justa causa, por falta de tipicidade [adequação à norma], e o arquivamento do processo de impeachment”, afirmou Pacheco.

Pedido de impeachment

O presidente Bolsonaro apresentou o pedido na última semana, com a argumentação de que o ministro passa por cima dos “limites republicanos aceitáveis”.

No pedido, o presidente pedia que o ministro fosse destituído do cargo pelo cometimento de crime de responsabilidade e que fosse impedido de exercer função pública por oito anos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMãe exigiu que escola retirasse “A Bela Adormecida” de grade por livro ser “machista”
Próximo artigoSou alvo da canetada de ministros, diz presidente da Aprosoja Brasil