Quanto tempo leva para abrir uma empresa? MT tem o 3º menor prazo do Brasil

Tempo gasto no Estado é de 1 dia e 10 horas, semelhante a outros da região Centro Oeste

(Foto: Divulgação/Pixabay)

Cumprir a burocracia necessária para a abertura de uma empresa demanda tempo. Em alguns Estados, a demora pode ultrapassar uma semana, como é o caso da Bahia. Mas em Mato Grosso, o prazo é de 1 dia e 10 horas; o terceiro menor do Brasil.

Os dados são do Ministério da Economia, que analisou o processo de abertura de empresas em todo o país no segundo quadrimestre.

Nesse período, foram abertas 1.114.233 empresas no país. O número representa um aumento de 6% em relação ao primeiro quadrimestre de 2020.

No Brasil, em média, o tempo gasto foi de 2 dias e 21 horas.

Goiás é o Estado com o menor prazo: 1 dia e 1 hora. Na outra ponta, está a Bahia, que registrou o maior tempo de abertura de empresas no Brasil: 7 dias e 18 horas. E ainda assim, houve avanço. Os baianos reduziram em 2 dias e 14 horas (25,0%) esse tempo, em relação ao 1º quadrimestre de 2020.

Mato Grosso ocupa o terceiro lugar entre os Estado “mais rápidos” e uma redução de 12 horas em relação ao período anterior. No Estado, 22.605 empresas foram abertas entre maio e agosto.

No recorte geográfico, verificou-se que o Centro Oeste é a região que apresenta o menor tempo para abertura de empresa (1 dia e 5 horas). Os quatro Estados que compõe a região estão no top 5 dos mais eficientes.

Nas Capitais

Entre as Capitais, o posto de mais ágil ficou com Florianópolis, com tempo médio de 5 horas, seguida por Goiânia (20 horas) e por Brasília (1 dia e 2 horas). No outro extremo, Salvador teve o desempenho mais baixo entre as Capitais, com tempo de 9 dias e 17 horas em média para abrir um novo negócio.

Cuiabá ocupa a 4ª colocação, com prazo de 1 dia e 5 horas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNilson ultrapassa Fávaro
Próximo artigoTestes de vacina contra a covid-19 começam em Mato Grosso